Passageiros que pressionam com os joelhos as costas dos assentos, que passam a viagem com o assento reclinado, crianças a chorar ou passageiros que não colaboram e não param de protestar são os principais motivos elencados pelos passageiros para descrever uma viagem insuportável.

No entanto, o que mais irrita a quase dois terços dos passageiros portugueses, é ter uma pessoa com excesso de peso ao lado no avião, a tal ponto que preferiam que estes ocupassem outro lugar de acordo com a sua fisionomia.

Vai começar uma dieta? 15 segredos sobre a perda de peso que ninguém comenta
Vai começar uma dieta? 15 segredos sobre a perda de peso que ninguém comenta
Ver artigo

A equipa da www.jetcost.pt realizou uma pesquisa que faz parte de um estudo sobre as experiências dos europeus quando viajam de avião, incidindo com especial atenção, nas experiências mais negativas.

O estudo abrangeu 3.000 pessoas (500 de cada uma das seguintes nacionalidades: ingleses, espanhóis, italianos, alemães, portugueses e franceses), com mais de 18 anos e que tivessem viajado pelo menos uma vez, nos últimos dois anos.

Primeiro foi perguntado a todos os participantes, se alguma vez durante um voo aconteceu algo que tenha tornado o mesmo insuportável, tendo a ver com comportamento inconveniente ou irritante, por parte de algum companheiro de viagem, ao que mais de

Metade dos participantes (56%) considera que, pelo menos uma vez, já tiveram sentadas ao lado de um passageiro que teve um "comportamento inconveniente ou irritante" tornando a viagem "insuportável".

17 formas de perder peso em pouco tempo
17 formas de perder peso em pouco tempo
Ver artigo

Estes foram os motivos:

  1. O passageiro da frente teve as costas do seu assento reclinado durante todo o voo (42%).
  2. Uma criança não parou de gritar ou de chorar (35%).
  3. Um ou mais passageiros não pararam de protestar e não colaboravam com os assistentes de voo (31%).
  4. O passageiro sentado ao meu lado tinha excesso de peso e ocupou parte do meu espaço (28%).
  5. O passageiro atrás de mim não deixou de pressionar com os joelhos as costas do meu assento (14%).

Aos participantes foi perguntado se achavam que um passageiro com excesso de peso deve ter uma área especial no avião com assentos em conformidade com o seu tamanho: 64% acham que sim. Quando foi perguntado se pensavam que estes deveriam pagar mais para ter um assento com mais espaço, 77% respondeu que sim.

Em termos de resultados a nível europeu, os britânicos e os franceses são os europeus que querem assentos com mais espaço para as pessoas com excesso de peso: britânicos (79%), franceses (72%), portugueses (64%), italianos (61%), espanhóis (56%) e alemães (32%)

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.