O Museu das Comunicações antecipa o “Dia da Mãe” e comemora-o no sábado, 30 de abril, com uma atividade que irá desenvolver-se no estúdio de televisão, presente na exposição permanente do museu “Vencer a Distância – Cinco Séculos de Comunicações em Portugal”.

Ao longo de uma hora e meia, pais e filhos aprendem como funciona um estúdio de televisão, e depois, todos põem as mãos na massa.

Começam por criar uma mensagem especial para este dia também especial. De seguida, interpretam e gravam a mensagem, como se tratassem de verdadeiros pivôs, num ambiente de luzes, câmaras e ação.

O vídeo será enviado para casa de cada um, ainda nessa tarde, a tempo de oferecerem no domingo, Dia da Mãe.

As participações são limitadas. Por isso, inscreva-se já no site do Museu.

Sobre a origem deste dia…

O Dia da Mãe é celebrado em Portugal no primeiro domingo de maio, por ser o mês de homenagem à Virgem Maria. Esta data varia de país para país, dependendo do acontecimento histórico a que se associa.

Sabemos que a sua origem remonta às comemorações primaveris da Grécia Antiga, em honra de Rhea, mãe dos deuses, e que os romanos, no início de março, homenageavam durante três dias Cibele, a mãe de todos os deuses.

Os Estados Unidos da América foram o primeiro país a oficializar o Dia da Mãe, no início do século XX. Annie Jarvis, devastada pela perda de sua mãe na Guerra Civil, foi surpreendida por uma festa-homenagem oferecida pelas amigas. Annie, ficou tão sensibilizada que quis estender a homenagem a todas as outras mães americanas, lançando então uma campanha para cimentar a data.

Existem muitas outras histórias pelo mundo fora.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.