Hong Kong e Singapura continuam a ser as cidades mais cara do mundo para comprar casa, tal como já sucedia o ano passado. De acordo com o ranking do Global Living 2019, elaborado pela consultora internacional CBRE, Xangai, que surge em terceiro lugar na tabela também pratica dos preços mais altos. Vancouver no Canadá e Shenzhen na China completam o top das cinco metrópoles que mais pedem pelas habitações.

Na Europa, as cidades mais dispendiosas continuam a ser Londres em Inglaterra, que figura em oitava posição. Paris, em França, fecha a lista. Lisboa surge em trigésimo-primeiro lugar no ranking, com o preço médio de uma habitação estimado em 207.834 dólares, cerca de 184.000 euros. Em contrapartida, na tabela dos países onde os preços mais subiram comparativamente ao ano anterior, Lisboa destaca-se.

Lisboa é mesmo a cidade mais cool da Europa? Uma revista internacional considera que sim
Lisboa é mesmo a cidade mais cool da Europa? Uma revista internacional considera que sim
Ver artigo

A capital portuguesa registou uma subida de 5%, ocupando atualmente o décimo-quarto lugar do ranking. Barcelona, Dublin, Xangai, Madrid e Paris foram, contudo, as urbes onde os preços das casas mais valorizaram. No mercado de arrendamento, a capital portuguesa ocupa o décimo-sexto lugar, com uma média de rendas na casa dos 1.682 dólares, cerca de 1.490 euros. Em relação ao ano anterior, foi no entanto a cidade onde os preços mais subiram, registando um aumento de 20,9%. Em segundo lugar, surge outra cidade da Pensínsula Ibérica, Madrid, com uma valorização média de 11,1%.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.