Está prestes a abrir em Lisboa o primeiro Café Joyeux. O projeto nascido em França, chega à Calçada da Estrela dia 23 de novembro, fruto de uma parceria entre a Fundação Émeraude Solidaire e a Associação VilacomVida.

O objetivo é empregar e formar pessoas com dificuldades intelectuais e do desenvolvimento, promovendo a inclusão no meio laboral e na sociedade.

Alinhada com estes valores, a FNAC junta-se ao Café Joyeux para promover a sua expansão em Portugal e chegar ao maior número de pessoas possível. Desta forma a cadeia de lojas arranca com uma angariação de fundos a nível nacional que promete fazer a diferença.

Os clientes podem contribuir para esta causa quer nas lojas físicas ou no site, seja através de donativos a partir de 1€ – que dão acesso a um concerto solidário de Natal digital - ou através da compra de produtos da marca Joyeux – como t-shirt, crachás, tote bags, aventais - cujo valor das vendas reverte 100% para esta causa.

Inês Condeço, Diretora de Marketing e Comunicação FNAC Portugal, afirma que “na FNAC acreditamos no poder da inclusão para a promoção de uma sociedade mais equilibrada e justa. Sabemos que o nosso papel na promoção deste tipo de causas a nível nacional pode fazer toda a diferença. Com esta angariação, vamos ajudar a JOYEUX a abrir mais cafés por todo o país e a fazer a diferença na vida de centenas de pessoas e das suas famílias”.

Para Filipa Pinto Coelho, Presidente da Direção da Associação VilacomVida, “Podermos contar com o apoio da FNAC nesta missão de lançamento e expansão do projeto-missão JOYEUX em Portugal é um privilégio que não nos cansamos de agradecer, pois será a garantia de que a mensagem positiva sobre a necessidade de cultivar a diferença no nosso país irá chegar a um público informado, que valoriza a diversidade e que poderá ser ele mesmo embaixador desta causa”, salienta.

Em Portugal existem mais de 600 mil portugueses portadores de deficiências, muitos deles sem oportunidades no mercado de trabalho. Este projeto é a prova de que através da inclusão é possível construir uma comunidade mais feliz e tolerante.

Café Joyeux: o conceito que nasceu em França

O primeiro Café Joyeux nasceu em 2017 em França, oferecendo a pessoas com trissomia 21 ou com perturbações do espectro do autismo, oportunidades de formação e emprego.

Hoje existem cerca de 5 Cafés Joyeux em França (Paris, Rennes e Bordéus), que empregam mais de 50 colaboradores com dificuldades intelectuais e do desenvolvimento. O objetivo do projeto é incentivar os seus colaboradores a ganhar confiança, experiência e a sentirem-se totalmente integrados no mundo laboral.

Os clientes podem contribuir para esta causa ao desfrutar de um café diferente de todos os outros, através do qual 100% dos benefícios gerados são diretamente reinvestidos na abertura de novos cafés. Assim, cada café contribui diretamente para uma sociedade mais inclusiva.

O Café Joyeux chega este ano a Lisboa contando com o apoio da entidade que o representa no nosso país, a Associação VilacomVida.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.