Está na altura de plantar novas flores. Forme os maciços de verão com as espécies anuais. Marque o local com areia e semeie em fileira, aclarando a mata depois. Plante dálias e gladíolos em solo com boa drenagem, a cerca de 10 centímetros de profundidade. O tipo de rega que as suas flores exigem agora passa a ser diferente. Regue as plantações novas. As vivazes tardias necessitam mais rega até ficarem completamente estabelecidas.

Nas restantes, regue pouco a pouco. Tenha, contudo, o cuidado de não encharcar as plantas de água. Veja, seguidamente, cinco das tarefas essenciais a empreender no exterior durante este mês.

1. Adubar

Está na altura deo fazer. Aplique adubos de libertação lenta nas rosas e vivazes. As bolbosas devem receber adubo orgânico.

2. Podar

São várias as espécies que deve podar nesta altura. Nas plantações de bolbosas e bienais, as primeiras do ano, suprima o que estiver murcho. Descongestione as matas cortando e dividindo a vegetação.

3. Combater o oídio

Vigie o ataque do oídio e do pulgão em todas as plantas, especialmente nas rosas. Mantenha-as sem ervas daninhas e os pés frescos mas não molhe ao regar.

4. Fertilizar

Fertilizar as roseiras para garantir boas florações é essencial, assim como fertilizar as hortênsias, de acordo com as suas cores. Para as azuis, é necessário um adubo azulador. É também tempo de fertilizar os relvados, pois vão precisar de alimento para enfrentar as regas e os cortes de verão.

5. Esperar antes de plantar

Espere pelo fim das geadas. Se neste verão pretende desfrutar de canas-da-índia ou de begónias (na imagem), não corra riscos e espere pelo próximo mês para colocar os bolbos quando não houver geadas. Nessa altura, plante dálias e gladíolos em solo com boa drenagem, a 10 centímetros de profundidade.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.