Feita através de movimentos ativos é iniciada no pé esquerdo tendo como intuito desbloquear primeiro, para encaminhar depois.

Há cerca de mil anos que a massagem tailandesa se aplica na sua forma atual. Faz parte do conjunto de técnicas corporais orientais e baseia-se na corrente de energia intrínseca e na teoria do equilíbrio da energia da saúde e da cura.

Outras componentes desse conjunto são a massagem chinesa Tui Na, a manipulação, a massagem indiana Ayurvédica e a massagem japonesa Shiatsu. As massagens Tui Na e Ayurvédica remontam há mais de quatro mil anos, e as raízes da massagem tailandesa provêm destes sistemas.

Tanto para o observador como para o beneficiário, é óbvia a influência do Yoga indiano neste notável tipo de massagem; menos óbvia é a forma extremamente disciplinada como é tratada a energia designada por Sen (os chineses chamam-lhe "Qi" e os indianos "Prana"), que flui nos canais.

Neste aspeto os exercícios físicos tailandeses estão mais próximos da técnica Tui Na, cujas teoria e prática se encontra documentada há mais de dois mil e trezentos anos. A massagem tailandesa concentra-se nos canais mais importantes, a aplicação cuidadosa de pressões ao longo destes canais ajuda a libertar quaisquer bloqueios e estagnações, equilibrando a energia.

O ato de pressionar e alongar os músculos torna-os recetivos a esta corrente. O primeiro registo de um comentário sobre a medicina tailandesa foi efetuado em 1690 pelo diplomata francês Simon de Ia Loubère, e diz o seguinte: "No Sião, quando as pessoas adoecem, submetem-se a tratamentos administrados por entendidos no assunto que, colocando-se sobre o paciente, massajam todo o seu corpo com os pés.

" Para a maioria das culturas orientais e ao longo de milhares de anos, a interação através do contacto físico tem sido fundamental; no entanto, esta prática ainda permanece estranha à maior parte dos ocidentais. A sua origem é tão obscura como a do próprio povo tailandês.

A Tailândia situava-se na encruzilhada das antigas rotas migratórias percorridas pela sucessão de muitas civilizações e culturas diferentes. O facto de se encontrar próxima da China e de se situar numa das principais rotas comerciais da índia resultou em inúmeras influências culturais e religiosas, particularmente o Budismo que floresceu entre os antigos habitantes desta área.

A tradição popular designa Jivaka Kumar Bhaccha, também conhecido por Shiuago Komparaj, como fundador da massagem tailandesa. Amigo e médico de Buda há cerca de dois mil e quinhentos anos, ainda hoje é venerado como "pai da medicina tailandesa".

Reflexologia podal

Não existem documentos escritos sobre os procedimentos desta massagem; todo o conhecimento foi passado oralmente de geração em geração. Por sua vez, a reflexologia podal é uma técnica fascinante, uma arte suave, e uma forma extremamente eficaz de massagem terapêutica através de aplicação de pressões específicas em pontos reflexos, especialmente nos pés.

Como muitas outras técnicas na área da saúde, teve o seu início no Oriente. Trata-se então de uma terapia que compreende o tratamento indireto para diversos males do organismo, distúrbios de funcionamento ou ainda algumas patologias.

A terapia ativa, o mecanismo de cura que existe em cada um de nós, tem um efeito cumulativo, isto é, a cada nova sessão reforça-se a sensação de bem-estar físico e paz interior, comprovando assim a sua eficácia. Podemos associar então a reflexologia à massagem tailandesa para aumentar a sua eficácia.

Esta nova técnica é iniciada pelo pé esquerdo tendo como intuito desbloquear primeiro, para encaminhar depois. Toda ela é constituída por movimentos ativos com o auxílio do "Rolo Tailandês", que terá sido criado num templo Buda.

Texto: Isabel Ramos, terapeuta

Agradecimentos: EFAPE, Lisboa

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.