PÉLVIS > Repressão – Prazer

Está satisfeito com sua sexualidade?

Lembra-se da primeira vez que se sentiu atraído por alguém / prazer sexual? Era apenas um calorzinho na barriga, uma sensação boa que não sabia de onde vinha. Para a maioria, é difícil conectarem-se com essa sensação e vivenciá-la livremente, pois são tantas as dificuldades que nos afastam de uma vida sexual plena: ejaculação precoce, frigidez, dificuldades com erecção, desinteresse que cresce com o passar do tempo, a sensação de estar a fazer alguma coisa errada, entre tantas outras...

Muitos sentem uma ansiedade enorme em situações de prazer, ou até mesmo dor quando ele se torna muito intenso. A raiva e a dor da repressão e frustração sexual sentidos durante a adolescência não desaparecem com o tempo. Fomos criados para ter medo do prazer e, muitas vezes, fomos punidos ao buscar prazer. Essas emoções mantêm-se até hoje na forma de tensões na região pélvica. Esse medo é o medo da dor. Não apenas dor física que o prazer pode causar no corpo, mas também da dor psicológica: a dor de uma perda, das frustrações, das humilhações. Evitando essas dores, restringimos também nossa capacidade de amar, de sermos felizes e termos prazer.

Quando a energia sexual vem ao de cima, ela luta com as tensões emocionais que bloqueiam o nosso corpo. Mas, geralmente, essa energia repressora vence. A fronteira do nosso prazer não está na nossa imaginação ou fantasias, mas no nosso corpo. Somente vivenciando todas as emoções profundamente no corpo podemos expandir e explorar os limites do nosso prazer.

Veja a continuação do artigo na página seguinte

Estes problemas como ejaculação precoce, frigidez e impotência estão intimamente ligados com tensões na região pélvica. Através da Bioenergética poderá reconectar-se com a sua sexualidade, ampliando o seu prazer sexual e ter uma vida muito mais saborosa e alegre.

Um dos factores mais importantes que contribuem para criar estas tensões é a repressão dos impulsos sexuais que começa na infância. Desde muito cedo a criança tem impulsos sexuais e manifesta-os de forma inocente e saudável, porém causando constrangimento aos pais, que já não se relacionam com sua própria sexualidade de forma tão relaxada. Desta maneira ela aprende, às vezes subtil, às vezes severamente, a reprimir seus impulsos. Na adolescência ocorre o auge da energia sexual e também da repressão.

Todas as frustrações, medos e culpas sexuais que experienciamos durante nossa vida ficam gravadas no corpo, especialmente na região pélvica. A incapacidade de respirar plena e profundamente é uma das grandes responsáveis pelo fracasso em conseguir uma satisfação sexual plena.

O trabalho de bioenergética focado na pelve pode abrir e limpar os canais de nossa sexualidade. Nos exercícios mobilizamos a pelve e aprofundamos a respiração. Assim a energia estagnada ali começa a ter movimento e expressão, fluindo pelo corpo e aumentando nossa capacidade de sentir mais prazer, saciedade, criatividade, amor.

A Bioenergética é um conjunto de exercícios corporais vinculados com a respiração. Lowen criou-os partindo do princípio de que a criança, quando é obrigada a suprimir a expressão de sentimentos (o que equivale a suprimir o sentimento em si), desenvolve bloqueios corporais correspondentes à emoção que foi suprimida, diminuindo, assim, a mobilidade e a vitalidade do corpo.

A Bioenergética pode ajudar a desbloquear essa expressão. O trabalho de bioenergética visa, por meio de exercícios e posturas corporais, bem como de técnicas de respiração, desmanchar esses bloqueios.

Para consultar Segmento Pernas:

Para poder trabalhar o seu ser através da Bioenergética pode ter consultas individuais com Terapeutas Formados pelo Centro Namasté, pode frequentar sessões em grupo todas as quartas-feiras em Alvalade ou inscrever-se em workshops/ maratonas de Bioenergética. Tudo em www.injoy.pt

Satya
E-mail: satya@injoy.pt
Tlm: 967443624

artigo escrito a 18.01.2011 para Sapo Astral

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.