O nosso cérebro vai adquirindo capacidades extraordinárias para resolver problemas. Desenvolve mecanismos de defesa, de adaptação e de regulação das emoções. Esta é a primeira nota que lhe quero deixar, e que escolho para introdução, pela simples razão de que é importante que confie nas suas capacidades para lidar com o momento atual.

Comece por recordar todas as crises que já viveu, identifique de que forma conseguiu ultrapassar: o que fez que só dependeu de si, a quem recorreu para se apoiar, em quem se inspirou para se motivar, conecte-se com a sua fé.

Sem ignorar a dimensão do que se passa dentro e fora das quatro paredes da casa de cada um de nós, tendemos a atribuir-nos a importância de sermos especiais. Somos especiais? Sim, somos. Todos sem exceção, cada um com a sua contribuição particular, singular, própria, individual. Porém, hoje, no Dia Internacional da Terra, gostaria de relembrar os leitores de que somos pequeninos, bem pequeninos perante a imensidão do Universo, que é de facto a nossa casa comum. Existem espécies em vias de extinção, e tantas outras que extintas. Não vamos permitir que a nossa condição humana - a capacidade de amar, de acolher o outro, a empatia, a solidariedade - se extinga.

Já tivemos oportunidade de conhecer alguns impactos positivos no planeta, proveniente do desaceleramento do Homem. O ar das cidades está menos poluído, e, ainda que a longo prazo esta paragem não seja suficiente para mudar o paradigma, é sem sombra de dúvida a mensagem que todos devemos ter em mente: abrandar, reduzir o consumo de energias, optar por transportes públicos em detrimento de optar por veículo próprio, consumir de forma consciente e amiga do ambiente é a forma de viver que poderá permitir às crianças de hoje encontrarem condições razoáveis para que também estas considerem criar famílias.

Quando se apela ao aumento da natalidade é importante ter em mente que tipo de condições estão a ser oferecidas, pois não se trata apenas de poder económico. Claro que este fator tem uma grande preponderância na tomada de decisão, mas, convenhamos, há uma consciência cada mais desperta nos jovens casais, e que mundo queremos ter para viver?

Hoje o dia é de todos nós, é o Dia da Mãe Terra, que nos acolhe e merece ser cuidada, vista e reconhecida.

As comemorações desta efeméride tiveram lugar pela primeira vez nos Estados Unidos, no dia 22 de abril de 1970. Esta data é celebrada em mais de 190 países, com a participação de cerca de mil milhões de pessoas que manifestam o seu compromisso com a proteção e a necessidade de preservar os recursos naturais, o ambiente e a sustentabilidade da Mãe Terra.

Hoje também temos a Lua Nova em Touro, e por tal, podemos celebrar duplamente o dia. São excelentes notícias. Aproveite!

Escolha lançar as sementes de forma consciente, defina em amor as suas intenções.

É o momento ideal para refletir sobre o desapego, por tal considere alicerces estruturais mas prazerosos. Todos merecemos o conforto e todos temos direito ao prazer, contudo é preciso reajustá-los às circunstâncias atuais. Recorde a chama que acendeu no seu coração, quando o sol transitava por carneiro, e agora, com a redordação desse fogo, avance, pelos seus próprios pés, para caminhar na direção do seu propósito, materialize.

Crie o seu ritual para escrever as suas intenções e celebrar esta data, crie o seu ambiente, desperte os seus sentidos (Vénus é regente de touro). Sinta que é merecedor, que existe abundância na sua vida – e note que abundância não está exclusivamente associada a bens materiais. Olhe para dentro, a gratidão por tudo o que a Terra lhe proporciona será com certeza um bom mote.

Acenda velas se gostar, recorra a óleos essenciais para relaxar, coloque a sua música preferida, enamore-se de si.

Agradeça uma vez mais a oportunidade que vive hoje, pode muito bem ser a oportunidade que marcará a diferença na sua vida num novo mundo.

Despeço-me com as seguintes sugestões:

Livro: ‘Nascemos frágeis e recebemos ordens para sermos fortes’, João Carlos Melo

Música: ‘Devi Prayer’, Craig Pruess & Anada

Todos precisamos de apoio emocional, pedir ajuda é humano. Não hesite em contactar-me: soraiasequeira.heartcoach@gmail.com

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.