Este é o 1º de 3 artigos acerca daquele período usualmente chamado de crise da meia-idade. Começo pela oposição de Úrano, um dos aspectos que poderemos encontrar na maioria das cartas, aquando desta crise, aquela altura da vida que damos por nós a querer fazer tudo o que adiámos, uma nova consciência e urgência tomam conta, esta crise é muitas vezes a desculpa justificativa para qualquer comportamento diferente do até ali assumido. Vivemos numa sociedade que cultiva a juventude, por isso quando se sente o tempo passar poderá dar-se uma súbita necessidade de se mostrar ainda jovem ou ás vezes só irresponsável para assim se cultivar a imagem de forever young.

Úrano demora cerca de 84 anos para completar a sua órbita solar, assim Úrano = Úrano oposição, ocorre no meio do ciclo, cerca dos 42 anos. Sendo este o planeta que simboliza a irreverência e a individuação, nesta altura da vida reflecte uma meia vida que já vivemos e de que avançamos a passos largos para o resto da nossa vida. Recorrendo ao simbolismo do planeta e, uma vez passada a idade da irreverência, esta fase adulta deveria ser aquela em que o indivíduo assumia a sua responsabilidade perante os seus pares. Aquilo a que Dane Rudhyard chamou de "individual genius" onde poderemos mesmo experimentar momentos de genialidade.

Se bem que os génios tenham sido muitas incompreendidos ao longo da história, esta irreverência é algo que vem de dentro e que queremos trazer para a realidade, não o contrário. Devendo ser uma afirmação de responsabilidade pessoal e não uma desresponsabilização. Por isso aqueles sinais exteriores de comportamentos aberrantes quando acontecem nesta idade, como poderão ser os casos de, um (a) amante, a compra de um carro descapotável de cor berrante ou mesmo a mudança de estilo para guarda-roupa de teanager, como se estivesse a fugir do tempo que teima em não parar, resultando em sinais de rebelião fora de tempo e comportamentos fora de contexto.

Veja a continuação do artigo na próxima página.

A quebra de rotina agora pedida nesta altura não se limita a ir contra mas sim a trazer para o mundo o impulso natural de cada um que impele a manifestação do génio interior de cada um. Entendendo as estruturas e as responsabilidades de uma nova maneira.

Aqueles que nasceram com Úrano em Leão (1955-1962), como eu; experimentaram (1996-2004) uma revolta contra a soberba e sentiram uma enorme necessidade de encontrar o seu caminho criativo individual, numa busca da sua própria identidade, busca fortemente individualista que pode conduzir ao isolamento.

Os nascidos com Úrano em Virgem (1963-1968), consoante o ano em que nasceram começaram viver este transito em 2004 que se estenderá até 2010, aqui a revolta será contra as rotinas, o servilismo, necessitam de implementar novas tecnologias ao serviço do homem, procuraram a sua individualidade na excelência com que executam as suas tarefas, pela implantação de planos inovadores que possam beneficiar a todos nomeadamente no que se refere á condição de vida; saúde e alimentação e ás rotinas diárias.

Ana Cristina Corrêa Mendes

http://espelhodevida.blogspot.com

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.