Organizar um casamento requer planeamento e, sobretudo, nada de stresses. A verdade é que tudo tem de estar "au point" na hora de dar o sim. Eis os 10 momentos por que inevitavelmente terá de passar até estar no altar, bela, confiante e sorridente, para dizer o tão aguardado "Yes, I Do".

1 - Primeiro passo a enfrentar é...o orçamento. Pense bem no que quer e pode gastar e quais as áreas onde prefere investir em detrimento de outras que não dá tanta importância: no vestido, na boda ou na... lua de mel. A escolha é mesmo sua, de acordo com a sua bolsa, mas com os seus sonhos também. Afinal, o dia tem de ser inesquecível!

2 - O local da boda. Hoje a oferta é vastíssima. Desde quintas mais bucólicas até hotéis mais sofisticados, a variedade é tanta que difícil é mesmo escolher. Dois detalhes a ter em atenção: os acessos e a época do ano, para não ser surpreendida com um temporal. É certo que o povo diz boda molhada é boda abençoada, mas um chuvisco será mais do que suficiente para dar boa sorte.

3 - Não descure o menu, mas sobretudo não descure o seu bolo de casamento. Discuta os detalhes, a massa, o recheio e o décor com o pasteleiro e porque não, inove nas cores. Os colorantes conseguem fazer maravilhas nos dias que correm.

4 - O vestido, ai o vestido. Com a maior antecedência possível, pois nem sempre encontramos nas lojas os modelos que desejamos nas medidas que pretendemos. Folheie revistas, pesquise em sites e adeque o corte à sua própria realidade para que não se sinta desfasada neste dia. Uma dica: se for romântica opte pelo corte império. Se for mais irreverente seja o centro das atenções num tailleur branco com um magnífico chapéu no mesmo tom.

5 - Os convites são fundamentais, pois sem convidados, não há festa. Faça uma lista de presenças e procure uma empresa especializada para se decidir entre modelos mais convencionais ou mais contemporâneos. Se for habilidosa, porque não testa algumas hipóteses mais personalizadas. Em qualquer dos casos, é fundamental contar com mais 10 a 15 convites, pois surgem sempre imprevistos.

6 - As alianças também fazem parte deste quadro idílico. Para além das tradicionais redondas em ouro, já existem no mercado sugestões originais, mas não se esqueça de ter em conta que o seu noivo também a vai usar, portanto nada de exageros, senão a crise matrimonial pode começar aqui.

7 - Para mais tarde recordar, não se esqueça do fotógrafo. Veja os álbuns que tem para mostrar e decida qual o tipo de reportagem que quer e se quer pretende um DVD. Uns anos mais tarde vai saber-lhe bem olhar para trás e lembrar-se das peripécias deste dia.

8 - A decoração. Seja criteriosa na escolha das flores que irão enfeitar o espaço e aproveite para, no mesmo local (assim poupa tempo!), decidir o seu bouquet. Um ramo mais elaborado ou apenas uma singela flor, a sua predileta, o que melhor combinar com o vestido que elegeu .

9 - Os brindes não são obrigatórios. Faça uma escolha sábia de acordo com o seu budget. Decida-se entre dar brindes ou, por exemplo, contratar um músico ou um entertainer para tornar o seu casamento mais divertido. Ou porque não um palhaço para entreter a pequenada...

10 - E, por fim, compre uma agenda e comece a tratar de si, só de si, com um mês de antecedência. Um dia no spa, limpeza de pele, testes de cabelo e maquilhagem, a prova do vestido, manicure e pedicure... enfim o momento ideal para se mimar antes de entrar para o clube das casadas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.