O ilustrador norte-americano Shawn Coss, residente no Ohio, nos Estados Unidos da América, criador das séries "Inktober illness and phobia" e "Cyanide and happiness" e cofundador da marca de moda Any Means Necessary, autodefine-se como um artista sombrio. Farto de passar horas a ver filmes de animação da Disney com as filhas, decidiu tornar os vilões de algumas das mais populares histórias (ainda) mais assustadores.

"Toda a gente torce pelos bons e nunca se tem amor suficiente pelos malvados", justifica Shawn Coss. "Eu quis adicionar um pouco mais de pavor a alguns vilões clássicos para continuar a assustar as minhas filhas na esperança de nunca mais me obrigarem a ver um filme da Disney", confessa o artista e empreendedor, enfermeiro de formação, o autor das ilustrações que pode ver na galeria de imagens que se segue.

Shawn Coss ficou famoso pelos desenhos que fez em 2016 com o intuito de alertar para o estigma de que os doentes mentais ainda são vítimas, "Inktober illness and phobia". Um trabalho fruto de intensas pesquisas. "A parte mais difícil foi tentar sintetizar a doença numa única imagem. Não há duas pessoas com o mesmo comportamento de saúde mental, mesmo que compartilhem os mesmos sintomas", sublinha o artista.

Muitos dos desenhos são feitos fora de horas. "Sinto-me mais criativo à noite. Depois dos meus filhos irem para a cama, a casa fica silenciosa, o que permite à minha mente libertar a minha criatividade", assume o ilustrador norte-americano. "Os meus trabalhos favoritos nasceram da escuridão", revela ainda Shawn Coss. O preto e o branco marcam os trabalhos do artista, que só pontualmente recorre à cor para lhes dar (ainda) mais vida.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.