O Ecocentro de Dona Maria, em Almargem do Bispo, será o segundo equipamento do género no concelho, juntando-se ao de Vale Flores, na União de Freguesias de Sintra.

Segundo um comunicado dos SMAS divulgado hoje, a construção do novo ecocentro vai arrancar ainda no primeiro semestre de 2021, com um prazo para conclusão das obras de 480 dias, estando ainda previsto o alargamento da rede municipal de ecocentros a Janas e Massamá.

Na nota, os SMAS, responsável pela obra, referem ainda que o ecocentro será dotado de equipamentos de grande capacidade para a recolha seletiva de materiais passíveis de valorização, como papel, embalagens de plástico, vidro e metal, aparas de jardim e objetos volumosos fora de uso.

“Para além da aposta na educação e sensibilização ambiental, o ecocentro procura combater a deposição ilegal de resíduos e incentivar a recolha seletiva, incluindo uma zona de compostagem comunitária e uma horta biológica”, lê-se na nota.

O Ecocentro de Dona Maria vai servir cerca de 50 mil pessoas, nomeadamente da União de Freguesias de Almargem do Bispo, Pêro Pinheiro e Montelavar, freguesia de Casal de Cambra e parte da União de Freguesias de Queluz e Belas.

A infraestrutura vai ser construída junto ao Reservatório de Dona Maria, num terreno com uma área de implantação de 3.643 metros quadrados.

Além da área de contentores de deposição de resíduos, o ecocentro irá incluir dois edifícios, uma portaria e um armazém, para acomodar os resíduos de equipamentos elétricos e eletrónicos.

A área envolvente será alvo de tratamento paisagístico, mantendo algumas árvores e privilegiando a plantação de espécies de reduzida manutenção.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.