Em nota de imprensa, a associação Geopark Estrela, localizada em Manteigas, distrito da Guarda, esclareceu que o cartão foi lançado “na sequência do último incêndio que devastou em grande parte a paisagem da serra da Estrela”.

A aquisição deste cartão tem um custo de 10 euros e é feita através do e-mail do Estrela Geopark info@geoparkestrela.pt

“Para além de estar a contribuir para a regeneração da paisagem da Estrela, o utilizador deste cartão poderá ainda usufruir de um conjunto de descontos nos mais diversos parceiros deste Geopark”.

Na página na internet do Estrela Geopark, consultada pela Lusa, a associação acrescenta que o mês de agosto “ficou assinalado na história” da serra da Estrela “pelas marcas que o fogo deixou” naquele território, que integra a rede mundial da UNESCO, a organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura.

Com a aquisição do cartão, o utilizador, “para além de estar a contribuir para a regeneração da paisagem da Estrela”, poderá usufruir de um conjunto de descontos em parceiros do Geopark, nomeadamente em hotéis e alojamentos turísticos, restaurantes ou produtos locais, entre outros.

O Parque Natural da Serra da Estrela é a maior área protegida portuguesa e o incêndio, que lavrou durante 11 dias e se encontra em resolução desde a noite de quarta-feira, terá destruído mais de 25 mil hectares (sensivelmente um quarto da área total) em seis concelhos, de acordo com dados preliminares avançados pelas autoridades.

Pelas 9h30 de hoje, segundo a página da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), mantinham-se no local, em ações de consolidação e rescaldo, 1.079 operacionais, apoiados por 352 viaturas.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.