Com os preços dos combustíveis a atingir máximos históricos, o Sapo deixa algumas dicas para que a próxima visita à bomba de gasolina seja menos dolorosa para a sua carteira.

Pequenos gestos no dia-a-dia poderão ajudá-la a poupar uns euros na altura de encher o depósito. Estar atento aos preços praticados, aproveitar os descontos e aumentar a eficiência da utilização do carro (eco-condução) são algumas estratégias.

À primeira vista, uma condução eficiente poderá não ter reflexos visíveis nos consumos, mas na realidade uma melhor atitude no trânsito pode fazer a diferença, pois está a tirar mais partido das capacidades do automóvel, a otimizar os consumos e a reduzir a poluição para o planeta. Conheça algumas dicas do IMTT – Instituto da Mobilidade e Transportes Terrestres, para alcançar uma condução perfeita.

1 – Preço da gasolina

Vai atestar o depósito? Antes de sair de casa ou do trabalho, procure a bomba de gasolina com melhores preços da zona onde está. Para fazer esta comparação, existe o site da Direcção Geral de Energia e Geologia, onde pode colocar no motor de pesquisa o nome da rua onde está e o site irá dizer-lhe qual a bomba de gasolina com melhores preços perto de si.

2 – Partilha de automóvel

Uma forma para baixar a fatura da gasolina é reduzir os gastos nas deslocações diárias com automóvel. Uma boa forma de começar é partilhar o automóvel com outros colegas que morem na mesma zona. Caso não exista ninguém que more na mesma área, existem sites onde pode procurar uma boleia através do sistema de carsharing. São eles o Carpool ou Deboleia .

3 – Condução constante

Sempre que possível conduza a uma velocidade constante, com suavidade e evite acelerações, desacelerações ou travagens bruscas. Se conduzir a 80 Km/h em vez de ir a 100 km/h pode poupar 15% de combustível.

Além disso, procure conduzir em mudanças elevadas, com rotações mais baixas que podem permitir poupar 10% do combustível.

4 – Cumpra os limites de velocidade

Cumprir os limites de velocidade estabelecidos pelo código da estrada não é apenas uma obrigação, é sinónimo de poupança e segurança rodoviária. Um aumento de 10% na velocidade pode provocar um aumento de 15% no consumo.

Veja na página seguinte: Escolha o melhor percurso

5 – Escolha o melhor percurso

Sempre que souber qual o destino final da sua viagem, tente antecipar o percurso e o fluxo de trânsito àquela hora. Uma viagem bem planeada pode fazê-la poupar 5% de gasolina. Caso não saiba qual o melhor caminho, pode procurar em sites como o Google Maps e se quiser ver o fluxo de trânsito, pode fazê-lo no site da Brisa (www.brisa.pt).

6 – Tire a carga excessiva

Evite transportar bagagens no tejadilho da viatura, pois a alteração das características aerodinâmicas faz aumentar em 5% o consumo. Retire toda a carga desnecessária do porta-bagagens. Este ato tem um potencial de poupança de 3%.

7 – Modere o ar condicionado

Utilize o ar condicionado apenas quando necessário, pois este pode consumir até meio litro de combustível por hora. Se ligar este aparelho no início de cada viagem, isto pode representar um aumento de consumo de cerca de 10%.

8 – Tenha os cuidados mínimos

Verifique a pressão dos pneus. A pressão errada obriga à substituição antecipada dos pneus, enquanto uma pressão correta poderá levar a uma poupança até 3%. Verifique ainda o nível do óleo com regularidade.

A responsabilidade editorial desta informação é da

[caption][/caption]

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.