Judy Perkins, de 49 anos, tinha sido diagnosticada com um cancro de mama (HER2 positivo) em estado avançado - que já tinha metastizado - quando uma terapia experimental eliminou todos os sinais da doença.

As descobertas foram divulgadas na revista científica Nature Medicine.

Estes são os sintomas de cancro mais ignorados pelos portugueses
Estes são os sintomas de cancro mais ignorados pelos portugueses
Ver artigo

Com tumores do tamanho de uma bola de ténis no fígado e massas malignas secundárias disseminadas pelo corpo, esta mulher do estado da Florida conseguiu curar-se da doença no Instituto Nacional do Cancro, dos Estados Unidos da América, escreve a BBC.

O tratamento - uma imunoterapia experimental - foi produzido a partir de células da própria Judy Perkins, que foram recolhidas e tratadas em laboratório para serem reintroduzidas no seu organismo e "atacarem" o cancro.

Como? Retirando uma espécie de "travão" ao sistema imunitário que estava a impedir que o corpo de Judy respondesse ao cancro e multiplicando as células capazes de destruir os tumores.

Em entrevista à BBC, a norte-americana confessa que, uma semana depois do tratamento, começou a sentir melhorias.

10 alimentos que aumentam o risco de cancro
10 alimentos que aumentam o risco de cancro
Ver artigo

"Tinha um tumor no peito e conseguia senti-lo a encolher. Demorou cerca de uma a duas semanas para desaparecer completamente", diz, recordando que a equipa médica "saltitou de empolgação" quando se apercebeu dos resultados da terapia.

Steven Rosenberg, um dos médicos do Instituto Nacional do Cancro dos Estados Unidos, revelou à emissora britânica que o tratamento ainda está numa fase experimental e que continua em investigação.

"É o tratamento mais altamente personalizado que se pode imaginar", comentou Steven Rosenberg, chefe do serviço de cirurgia daquele instituto.

O médico adianta, porém, que têm de ser feitos mais testes, mas acredita que o tratamento possa vir a ser usado no futuro.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.