Ajudar as pessoas a deixar de fumar é, sem dúvida, uma das contribuições mais importantes de um profissional de saúde a nível da saúde pública. Infelizmente, devido à dificuldade de superar o hábito de fumar, os terríveis malefícios do tabaco e as estatísticas de mortes raramente influenciam os fumadores para que deixem de fumar.

Por que é tão difícil deixar de fumar?

O tabaco inalado cria uma forte dependência física (vício da nicotina) e psicológica (vício do cigarro), alterando hábitos comportamentais.  Quando um fumador deixa de fumar, os recetores nicotínicos no cérebro deixam de receber nicotina, experimentando sintomas de abstinência desagradáveis. Os sintomas de abstinência podem ocasionar dois tipos de desejos: um desejo contínuo, permanente, de fumar ou um desejo súbito, ocasional, de fumar.

Como funciona NiQuitin

NiQuitin faz com que deixar de fumar passe pela activação dos recetores da nicotina quando a nicotina do medicamento se liga a estes recetores, sem os malefícios do cigarro.

Deixar de fumar pode ser um êxito com NiQuitin Menta comprimidos para chupar

NiQuitin Menta comprimidos para chupar são comprimidos 5 vezes mais pequenos do que um comprimido regular, que se apresentam numa embalagem pequena e portátil  e libertam a totalidade da dose da nicotina em 10 minutos ajudando a superar os vícios oral e comportamental do fumador. 

• Liberta a totalidade da dose da nicotina em 10 minutos [1]
• Ajuda a substituir os vícios oral e comportamental do fumador

Escolha a dosagem correta:
• 4 mg para fumadores de mais de 20 cigarros por dia
• 1,5mg para fumadores de 20 ou menos cigarros por dia

Dose Diária máxima: 15 comprimidos para chupar.

Com NiQuitin Menta, deixe de fumar, um cigarro de cada vez, ao seu próprio ritmo e de uma maneira gradual em 2012!

[1] Shiffman S et al. Abstract presented at the First International Conference of The Society for Research on Nicotine and Tobacco. Copenhagen, August 1998. Ref:. Russell MAH et al. Effect of general practitioners’ advice against smoking. BMJ. 1979;28:231-235.

NiQuitin Menta, comprimidos para chupar: Composição e Forma Farmacêutica: Cada comprimido para chupar contém 1,5 ou 4 mg de nicotina (na forma de resinato de nicotina). Indicações terapêuticas: NiQuitin Menta está indicado para o alívio dos sintomas da abstinência de nicotina, incluindo os desejos incontroláveis associados à suspensão do hábito de fumar. Posologia e modo de administração - Adultos (incluindo idosos): Deve colocar-se um comprimido para chupar na boca e deixá-lo dissolver. Periodicamente, o comprimido para chupar deve ser movido dentro da boca de um lado para o outro, repetidamente, até estar completamente dissolvido (aproximadamente 10 minutos). O comprimido para chupar não deve ser mastigado nem engolido inteiro.Enquanto o comprimido para chupar estiver na boca, não é aconselhável comer nem beber. Aconselhamento e apoio de terapia comportamental aumentam a taxa de sucesso. Os doentes deverão fazer todos os esforços para não fumar durante o tratamento com Niquitin Menta. Use um comprimido para chupar sempre que sentir um desejo intenso de fumar. Diariamente deve ser usado um número suficiente de comprimidos para chupar, usualmente 8 a 12, até um máximo de 15.Continue a usar durante 6 semanas para cessar o hábito de fumar, e depois reduza gradualmente o uso dos comprimidos para chupar. Quando o uso diário se limitar a 1 a 2 comprimidos para chupar, pare o tratamento.Para ajudá-los a não voltar a fumar depois do tratamento, os doentes poderão usar um comprimido para chupar nas situações em que se sintam fortemente tentados a fumar. Os doentes que usarem os comprimidos para chupar mais de 9 meses devem ser aconselhados a procurar ajuda junto de um profissional de saúde. Contra-indicações: O NiQuitin Menta está contra-indicado em doentes com hipersensibilidade ao princípio activo ou a qualquer um dos seus excipientes. Os comprimidos para chupar NiQuitin Menta não devem ser utilizados por não fumadores, fumadores ocasionais ou crianças com menos de 12 anos. Efeitos indesejáveis: Determinados sintomas notificados, como depressão, irritabilidade, ansiedade, aumento do apetite e insónia, poderão estar relacionados com os sintomas de privação associados à cessação do hábito de fumar. Os doentes que estão a deixar de fumar por qualquer forma poderão vir a sofrer de cefaleias, tonturas, distúrbios do sono, tosse ou constipação. Para mais informações, deverá contactar o titular da autorização de introdução no mercado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.