As investigações científicas levadas a cabo pelo biólogo francês no final do século XIX vieram confirmar aquilo que, até então, já se suspeitava. A água do mar tem propriedades benéficas para a saúde. Rica em minerais, oligoelementos e vitaminas essenciais, aproxima-se do plasma sanguíneo em termos de composição. Além de potássio, magnésio, iodo e cálcio, fornece ainda cloreto de sódio, popularmente conhecido como sal.

Um litro desta água fornece cerca de 27 gramas desta substância. No último século, o seu uso tem sido crescente. Também fonte de ferro, zinco e cobre, é aconselhada por muitos especialistas para regenerar o organismo e até para prevenir, tratar ou combater problemas de saúde crónicos. Além de ser revitalizante e anti-infecciosa, também tem um poder analgésico. Anti-stresse, combate ainda os estados depressivos.

1. Regula o metabolismo

Devido à forte presença de iodo, um dos minerais, oligoelementos e vitaminas essenciais que integra na sua composição, estimula a tiroide, uma glândula que regula o metabolismo. Depois de fervida, pode ser bebida, em pequenas quantidades, para garantir o bom funcionamento desse órgão, prevenindo o aparecimento das chamadas doenças da tiroide, como é o caso da doença nodular da tiroide e do cancro da tiroide.

2. Combate as dores musculares

Desportos de mar e praia
Desportos de mar e praia
Ver artigo

Nas alturas em que as condições climatéricas o permitem, uma caminhada com a água ao nível da cintura é um bom exercício para combater dores musculares, articulares, vertebrais, reumáticas, circulatórias, pós-traumáticas e até pós-cirúrgicas, numa fase em que já são aconselhadas.

Mover-se dentro de água exige mais esforço, ainda assim com um impacto mais baixo.

O esforço necessário para manter o equilíbrio que o vai e vem das ondas exige habitualmente também tonifica os músculos. Estudos internacionais confirmaram, nos últimos anos, que a água do mar pode abrandar o avanço do reumatismo a longo prazo.

3. Melhora a circulação sanguínea

Um mergulho no mar contribui para um melhor funcionamento do sistema circulatório do organismo, sendo por isso recomendado para quem sofre de problemas de circulação. Não é, assim, de admirar que muitos especialistas os aconselhem. As pessoas que sofrem de varizes, de hipertensão arterial, de aterosclerose, de miocardite e de doença arterial coronária também acabam por ser beneficiadas.

4. Estimula a produção de glóbulos vermelhos

Depois de um banho no mar, o número de glóbulos vermelhos, que contêm hemoglobina, uma proteína que assegura o transporte do oxigénio dos pulmões para as restantes células, aumenta, em média, entre 5% a 20% . Os glóbulos brancos, as células defensivas que combatem os agentes infecciosos, também aumentam. As pessoas com o sistema imunológico debilitado e/ou com anemia devem fazê-los com regularidade.

5. Limpa e purifica a pele

São indiscutíveis os benefícios da água do mar para a epiderme. Além de ser drenante e purificadora, também tem um poder esfoliante, ajudando a remover as células mortas e a limpar as impurezas da pele. As úlceras cutâneas, o lúpus, a acne e a psoríase são algumas das doenças que melhoram substancialmente após o contacto com os minerais, os oligoelementos e as vitaminas essenciais que a integram.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.