“Estamos numa situação melhor do que aquela em que nos encontrávamos há uns meses atrás. O programa de vacinação está a funcionar e a vacinar milhões de pessoas todas as semanas. Assim, acredito que, até ao verão, 70% dos nossos cidadãos já terão recebido a vacina”, afirmou Donohoe aos jornalistas, na chegada à reunião informal dos ministros das Finanças da zona euro e da União Europeia.

Este responsável destacou ainda que, a par do programa de vacinação, a zona euro tem tomado “decisões corretas”, que permitem “assegurar os postos de trabalho” e perspetivar uma “recuperação [económica] forte” na segunda parte do ano, alicerçada no Programa de Recuperação e Resiliência.

“Acredito que, na segunda metade do ano, vamos ter fundos investidos nas economias da zona euro que vão ajudar nessa recuperação”, sublinhou o também ministro das Finanças irlandês.

À entrada para o encontro, o presidente do Eurogrupo mostrou-se “satisfeito” por encontrar os colegas em formato presencial, elogiando ainda o “excelente trabalho” de Portugal, enquanto atual líder dos processos políticos.

As reuniões informais de ministros das Finanças da zona euro (Eurogrupo) e da União Europeia (Ecofin) que Portugal recebe no âmbito da presidência do Conselho da União Europeia arrancam hoje no Centro Cultural de Belém (CCB), em Lisboa.

Os encontros, que se prolongam até sábado à hora do almoço e em que o ministro de Estado e das Finanças, João Leão, é o anfitrião, contam ainda com a presença dos governadores dos bancos centrais europeus.

Os trabalhos arrancam hoje com uma reunião informal do grupo de ministros das Finanças da zona euro (Eurogrupo), que contará também com a presença do presidente do Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEE), Klaus Regling.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.