"Sua Majestade, a Rainha, foi vacinada hoje contra a covid-19. A rainha será revacinada dentro cerca de três semanas", disse a Casa Real em comunicado.

A soberana, que completou 80 anos em 2020, integrou o primeiro grupo de dinamarqueses a beneficiar da imunização.

Em princípio, Copenhaga planeia vacinar residentes de lares de idosos, de seguida os vulneráveis com mais de 65 anos e os profissionais de saúde mais expostos.

Quase 30 mil pessoas, dos 5,8 milhões de habitantes da Dinamarca, tradicionalmente dispostos a seguir as recomendações das autoridades sanitárias, receberam a primeira injeção da Pfizer / BioNTech desde o início da campanha de vacinação, no dia 27 de dezembro.

Com os seus imaculados cabelos brancos sempre presos num coque impecável, Margarida II é reverenciada no reino escandinavo. A soberana já adiantou que permanecerá no trono até ao seu último suspiro. Fumadora, artista e poliglota entre outros talentos e costumes, ficou viúva há dois anos do príncipe Henrique, de origem francesa.

A família do príncipe herdeiro, Federico, foi colocada em quarentena no início de dezembro depois de um dos seus filhos, o príncipe Christian, ter testado positivo para o coronavírus.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.