A bebé, a quem foi dado o nome de Silvana, nasceu com 3,7 quilos de peso e, segundo as autoridades de saúde congolesas, “está bem de saúde e não foi contagiada pelo vírus do Ébola”.

A mãe contraiu o vírus quando estava grávida e foi admitida no Centro de Tratamento de Beni em dezembro, onde foi acompanhada até ao nascimento da bebé.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.