“É uma situação que também preocupa a OM”, afirmou Miguel Guimarães, no Porto, à margem de uma reunião com o líder do PSD, Rui Rio.

O bastonário destacou que o PNV é “uma medida de saúde pública das mais importantes na história da medicina”, que permite “salvar milhões de vidas em todo o mundo, todos os anos”.

Estes são os 12 vírus mais letais do mundo
Estes são os 12 vírus mais letais do mundo
Ver artigo

Afirmando estar “seguro” de que a Diretora Geral da Saúde "está em cima de todos os acontecimentos”, o bastonário disse ser “fundamental” cumprir o PNV, pois “mais uma vez” este “pequeno surto” está “relacionado com a não vacinação”.

A Direção-Geral da Saúde anunciou na terça-feira que foram notificados na região norte dois casos de sarampo confirmados, existindo outros doentes com sinais e sintomas, mas que ainda estão em investigação, sendo aguardados os resultados laboratoriais. “Foram notificados na região norte dois casos de sarampo, aparentemente não relacionados, confirmados laboratorialmente em adultos não vacinados”, referiu a Direção-Geral da Saúde, em comunicado.

Casos na região norte sob investigação

De acordo com a DGS, também na região norte estão em investigação outros doentes com sinais e sintomas clínicos, de início súbito, incluindo exantema (erupção cutânea), dores musculares e cansaço, explicando que os resultados laboratoriais são confirmados no Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge.

A DGS lembrou que o sarampo é uma das doenças infecciosas mais contagiosas, podendo provocar doença grave, principalmente em indivíduos não vacinados, explicando que atualmente se verificam surtos de sarampo em alguns países europeus devido à existência de comunidades não vacinadas.

O sarampo provocou 35 mortes no ano passado, incluindo uma em Portugal, em 50 países da região europeia, onde se registaram mais de 20 mil casos em 2017.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.