O estudo interno do Departamento do Tesouro, e noticiado pela BBC, constata que a legalização da canábis pode gerar "receitas fiscais notáveis" e uma "poupança para o sistema de justiça criminal" britânico.

O governo do Reino Unido diz, porém, não ter planos para mudar a lei ou descriminalizar a venda e consumo.

O estudo foi conduzido no início deste ano a pedido dos Liberais Democratas quando o partido ainda participava da coligação com os Conservadores.

O objetivo do levantamento era considerar os potenciais impactos fiscais da introdução da legalização da canábis no mercado britânico.

O trabalho do Instituto para a Pesquisa Económica e Social indica que a legalização da canábis poderia contribuir com 1,25 mil milhões de libras para os cofres do Estado.

O estudo estima que 2,2 milhões de pessoas entre os 16 e os 59 anos consumiram esta erva no ano passado, num total de 216 toneladas.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.