O número diário de óbitos vem confirmar a tendência de decréscimo verificada nos últimos dois dias.

Na segunda-feira, o país contabilizou 60 mortes, enquanto no domingo tinha anunciado 75 óbitos.

No total, e desde o início da crise da covid-19 no país em 21 de fevereiro, Itália contabiliza 33.530 vítimas mortais.

Com a identificação de 318 novos contágios em relação a segunda-feira, Itália totaliza, até à data, 233.515 pessoas que estão ou estiveram infetadas com o novo coronavírus.

A Proteção Civil italiana destacou hoje que o número de casos positivos e ativos neste momento no país está abaixo da fasquia dos 40 mil.

Segundo os dados, o número total de pessoas atualmente positivas é de 39.893, das quais 20.255 na região da Lombardia (norte do país), que continua a concentrar as preocupações das autoridades italianas.

Destes doentes, e em todo o país, 408 pessoas estão a ser tratadas em unidades de cuidados intensivos, menos 16 em relação a segunda-feira.

Pessoas dadas como curadas e recuperadas são, neste momento, 160.092, um aumento de 1.737 em relação a segunda-feira.

Um dos países europeus mais afetados pela atual pandemia, a Itália iniciou, em 04 de maio, uma retoma gradual de algumas atividades económicas, após mais de dois meses de confinamento.

Desde que o novo coronavírus foi detetado na China, em dezembro do ano passado, a pandemia da doença covid-19 já provocou mais de 375 mil mortos e infetou mais de 6,2 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço da agência de notícias France-Presse (AFP).

Mais de 2,6 milhões de doentes em todo o mundo foram considerados curados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.