No conselho de ministros de hoje, o Governo aprovou a nomeação de Paula Cristina Gonçalves Vaz Marques Ribeiro para o cargo de vogal executiva, com funções de diretora clínica, do conselho de administração do CHTMAD, sediado em Vila Real, por motivo de renúncia do anterior titular e para completar o mandato em curso, que termina em 31 de dezembro de 2018.

10 alimentos contra a celulite recomendados por uma médica
10 alimentos contra a celulite recomendados por uma médica
Ver artigo

O anterior diretor clínico do CHTMAD, João Gaspar, apresentou a renúncia na semana passada, depois de já ter colocado o lugar à disposição da tutela em abril.

Renúncia por motivos pessoais e institucionais

Em entrevista à rádio local Universidade FM, João Gaspar explicou que estiveram na origem da sua decisão “motivos pessoais e institucionais”.

O médico disse que sente “saudades da prática médica” e mostrou-se “cansado de ver a lentidão como os processos são tratados por Lisboa, levando a que o CHTMAD seja prejudicado em relação a outros centros do Litoral, acentuando assim a falta de equidade para com os utentes do Interior”.

O PSD pediu na quarta-feira a intervenção urgente do ministro da Saúde no centro hospitalar e, entre as preocupações reveladas pelos sociais-democratas, estavam, precisamente, o pedido de renúncia do diretor clínico do CHTMAD e ainda a posição de 30 diretores de serviço, entre um total de 41, que colocaram o lugar à disposição e enviaram uma carta ao ministro da Saúde.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.