De acordo com o Comando Metropolitano da PSP do Porto, o caso aconteceu pelas 05:00 e o homem “resistiu à detenção”, tendo do “confronto” com a polícia resultado “escoriações ligeiras” para o detido e para um agente.

A mesma fonte indicou que o detido não entrou na Maternidade pela porta principal mas “por onde não era suposto entrar”, acabando por ser detetado através do “sistema de videovigilância” pela segurança privada daquela unidade do Centro Materno-Infantil do Centro Hospitalar do Porto.

O homem vai ser presente ainda hoje ao tribunal para a aplicação das medidas de coação tidas por adequadas, acrescentou a PSP.

A PSP não conseguiu esclarecer os motivos que terão levado o homem a entrar na maternidade a furtar material hospitalar, até porque o detido terá dado explicações contraditórias para o sucedido.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.