A revista Veja revela que um medicamento lançado no Brasil para tratar a diabetes tipo 2, cujo princípio ativo é a liraglutida, está a ser prescrito para pessoas com excesso de peso mas sem esta doença. Um dos estudos realizados sobre a sua ação ao nível da perda de peso, em casos de obesidade, constatou que, «em cinco meses de tratamento, 85 por cento dos voluntários perderam, em média, cerca de sete quilos». Mas, combinada com uma dieta equilibrada, a perda de peso, testou a Veja, pode ir até os 10 quilos e, se a estes fatores se juntar o exercício, o valor ascende aos 12 quilos.

O medicamento não afeta o coração e atua ao nível da tensão arterial. Os seus resultados têm sido tão positivos que o laboratório que o produz vai avançar com o processo que permite a aprovação deste princípio ativo como fármaco para emagrecer. Em declarações à revista Única do Expresso, em 2011, o responsável pela empresa em Portugal pedia, no entanto, «cautela», lembrando que o fármaco, «até à data, não parece ter efeitos adversos».

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.