Além da propagação do vírus se manter, a capacidade de deteção aumentou em todo o mundo, fazendo com que se registem mais casos positivos que antes passavam despercebidos, indica a OMS.

No total, as mortes ascendem a 1.099 milhões.

Imersos já há meses numa crise sanitária, os Estados Unidos não estão a conseguir reduzir a circulação do novo coronavírus, e, nas últimas 24 horas, registaram mais 63.000 casos.

A Índia também continua a ser o segundo país onde a pandemia mais aumenta, com mais 62.200 casos num dia.

Com 30.000 casos diários, a França converteu-se no terceiro país com maior aumento, o que obrigou a tomar medidas drásticas, como a imposição de recolher obrigatório em Paris e outras cidades.

Os países da Europa oriental entraram pela primeira vez, em nove meses de pandemia, no grupo de estados com o maior número de casos diários, indica a OMS: a República Checa com mais de 9.700 casos, e a Polónia com mais de 8.000, num só dia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.