Na conferência de imprensa de atualização de informação relativa à infeção pelo novo coronavírus, Graça Freitas avançou que a taxa de incidência cumulativa a 14 dias é, atualmente, de 760 casos por 100 mil habitantes, o que coloca Portugal em décimo lugar na lista de países europeus.

"Há, como todos sabem, assimetrias regionais. A região norte, com 1.304 casos por 100 mil habitantes, continua a ser a região a mais afetada", precisou a responsável.

Considera-se que um concelho tem um risco elevado de transmissão da covid-19 quando tem mais de 240 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias, um critério geral definido pelo Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC).

Graça Freitas sublinhou também que o número de testes de diagnóstico à covid-19 tem aumentado desde o inicio da pandemia, em março.

Segundo a diretora-geral da Saúde, Portugal atingiu a 14 de novembro, quatro milhões de testes, um milhão dos quais realizados no ultimo mês.

Graça Freitas disse ainda que a proporção de casos positivos, entre estes testes, é de 15,3%.

Portugal registou hoje o número máximo de mortes diárias por covid-19 ao contabilizar mais 91 óbitos nas últimas 24 horas e contabilizou mais 3.996 novos casos de infeção, segundo o boletim da Direção-Geral da Saúde.

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 3.472 mortes e 255.672 casos de infeção pelo novo coronavírus.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.