Dos cerca de 100 testes feitos a profissionais de saúde do hospital, um foi inconclusivo e 16 deram resultados positivos, informa a ULSBA, num comunicado enviado hoje à agência Lusa e em que atualiza a informação relativa ao surto identificado na quinta-feira, dia em que foram detetados os primeiros seis casos de enfermeiros do bloco operatório infetados.

Segundo a ULSBA, que gere o hospital de Beja, entre os 16 profissionais infetados, há 10 enfermeiros, quatro assistentes operacionais, um técnico e um médico e todos “estão em isolamento no domicílio, apresentando apenas sintomas ligeiros”.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.