“Porque nunca perdemos de vista aqueles que têm de cuidar de nós, vamos muito em breve começar com a terceira dose de reforço para profissionais de saúde, algo que já estava programado e aprovado pela Comissão Técnica de Vacinação”, afirmou António Lacerda Sales na sessão pública de apresentação de resultados de um inquérito à população sobre a saúde em Portugal, bem como novos indicadores do acesso a cuidados no Serviço Nacional de Saúde do Movimento Saúde em Dia, que decorreu na Ordem dos Médicos, em Lisboa.

O governante explicou que “não tinha sido publicitada” esta ação porque do ponto de vista operacional e logístico “é sempre um processo complexo”, mas assegurou que até ao final da semana será divulgada uma orientação.

“É um processo em que temos que começar pelas faixas mais vulneráveis, e assim fizemos, com os mais de 80 anos e estruturas residenciais para idosos e agora, muito em breve, até ao final da semana, sairá com certeza uma normatização para a terceira dose dos profissionais de saúde e do setor social”, anunciou o secretário de Estado Adjunto e da Saúde.

O Sindicato Independente dos Médicos e a Ordem dos Médicos já tinham apelado ao Governo para administrar a terceira dose da vacina aos profissionais de saúde, lembrando que foram dos primeiros a ser vacinados no final de dezembro de 2020 e em janeiro deste ano, disse o bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, à agência Lusa.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.