O secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, anunciou que assinou hoje um despacho a autorizar a “mobilidade temporária de médicos e enfermeiros para serviços e estabelecimentos de saúde situados na área geografia de influência da Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve, de acordo com as necessidades publicitadas por aquela administração regional”.

O anúncio foi feito na conferência de imprensa diária da Direção-Geral da Saúde sobre a evolução da pandemia de covid-19 no país, durante a qual o responsável lembrou que o novo coronavírus também aumentou a necessidade de reforçar os meios humanos naquela região do país.

Todos os anos, por esta altura, o Governo faz um reforço das equipas que estão a trabalhar nos serviços de saúde do Algarve, tendo em conta o aumento de pessoas que chegam à região devido à abertura da época balnear.

Este ano, sublinhou António Sales, acresce a necessidade de ajustamento da prestação de cuidados de saúde nos postos de praia, no âmbito do Plano Verão e no âmbito da situação epidemiológica que o país atravessa.

Os profissionais de saúde poderão ver as vagas na página da ARS e “candidatar-se por e-mail”, explicou o secretário de estado.

Portugal contabiliza pelo menos 1.465 mortos associados à covid-19 em 33.969 casos confirmados de infeção, segundo o boletim hoje divulgado pela DGS.

Relativamente ao dia anterior, há mais 10 mortos (+0,7%) e mais 377 casos de infeção (+1,1%).

O número de pessoas hospitalizadas subiu de 445 para 475, das quais 64 se encontram em unidades de cuidados intensivos (mais seis).

Durante a conferência de imprensa, o secretário de estado salientou o aumento de mais 203 pessoas recuperadas de covid-19, havendo neste momento “mais de 20.500 casos curados”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.