Entre as mulheres afetadas há uma que se encontra grávida e é o "caso que inspira mais preocupações", disse a mesma fonte, acrescentando que, às 06:58, foi dado o alerta de que "um grupo de funcionárias", com idades entre os 35 e os 59 anos, da empresa Neivacor, na freguesia de Abade de Neiva, estaria com "náuseas, dores de cabeça e vómitos”.

Feita a triagem no local pelos bombeiros, quatro mulheres foram encaminhadas para o Hospital de Barcelos e uma para o Hospital de Braga.

Leia também: 10 substâncias químicas prejudiciais à saúde

"Uma das senhoras está grávida e por isso é o caso que inspira mais preocupações, daí ter sido encaminhada para Braga", explicou a fonte.

Não são ainda conhecidas "as causas dos sintomas que, ao que tudo indica, serão de uma intoxicação", acrescentou.

A agência Lusa tentou entrar em contato com a administração da empresa, sem sucesso até ao momento.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.