com o apoio MEO
em modo Escuro poderá poupar até 30% de energia. Saiba mais

Em destaque

Magret de pato com redução de vinho do Porto

Sumo de laranja e vinho do Porto são os segredos deste molho que realça o suave sabor da carne

Ingredientes

Peitos de pato 2
Vinho do Porto 1 copo
Laranja (sumo) 1
Sal e Pimenta q.b.

Puré de batata-doce

Batata-doce 3
Manteiga q.b.
Sal e Pimenta q.b.

Preparação

Descasque e leve a cozer as batatas, num tacho, com água e uma pitada de sal. Depois de cozidas, reduza-as a puré. Adicione uma noz de manteiga e envolva tudo muito bem, tempere de sal, pimenta e noz-moscada a gosto.

Comece por aparar a gordura em excesso do magret de pato, sem lhe tirar a pele. Faça uns golpes no lado da pele, sem chegar à carne, em forma de losangos. Tempere com sal e pimenta. Numa frigideira, antiaderente, bem quente e sem gordura, coloque os peitos de pato a cozinhar, com a pele para baixo.

Deixe dourar bem a pele na própria gordura, se ficar com muita gordura, retire o excesso dessa gordura, pois o magret deve corar na própria gordura, mas sem fritar. Quando a pele ficar tostada, vire o pato e deixe cozinhar mais uns minutos. Deve-se comer o magret mal passado, senão fica rijo e sem sabor. Retire o magret para uma tábua e deixe-o repousar.

Entretanto faça o molho: numa frigideira adicione o vinho do Porto e o sumo das laranjas, deixe reduzir o molho até que a água se evapore e o molho fique com uma textura mais sólida, só assim o molho ficará reduzido no ponto certo.

Corte, na tábua, o magret de pato, às fatias. Sirva numa cama de feijão-verde cozido, acompanhado com o puré de batata-doce e regue com o molho por cima da carne.

Receita do parceiro

Em destaque

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa , as nossas notificações ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.