No Pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa, a azáfama é grande a poucos dias da abertura de portas de mais uma edição do Peixe em Lisboa. Numa altura em que se erguem as estruturas dos dez restaurantes itinerantes que marcam presença, se ultimam bancas para a apresentação de produtos gourmet  e se arrumam centenas de mesas e cadeiras para sentar milhares de comensais, já se conhecem os pratos (muitos) que os dez chefes de cozinha e cozinheiros presentes nos vão dar a provar.

De 4 a 14 e abril, o Peixe em Lisboa traz cinco novidades no que toca a presenças de restaurantes, todos eles da capital ou região contígua.

Este ano há cinco novos restaurantes: o Marlene Vieira, da chefe com o mesmo nome; o Monte Mar, da chefe Laura Rocha; o Porto de Santa Maria, liderado por Miguel Laffan (acabado de deixar o L´and Vineyards, em Montemor-o-Novo para voltar à sua terra natal, Cascais); a Taberna Macau, que tem como chefe André Magalhães e o Tágide, da responsabilidade do chefe Gonçalo Costa.

É hoje. Peixe em Lisboa abre portas e nós contamos tudo aqui
É hoje. Peixe em Lisboa abre portas e nós contamos tudo aqui
Ver artigo

Voltam a marcar presença os restaurantes Arola, do Hotel Penha Longa; a Casa do Bacalhau, do chefe João Bandeira; o Ibo, do chefe João Pedrosa; Kanazawa, do chefe Paulo Morais; e o Ritz Four Seasons, do chefe Pascal Maynard.

Numa sessão de apresentação das ementas desta dezena de restaurantes, foi dada a provar uma amostra do que temos para saborear nos restaurantes que funcionam em permanência, do meio-dia à meia-noite, com pratos à base de peixes e mariscos portugueses. Os preços das doses variam entre os 4,00 e os 10,00 euros.

Para aguçar o apetite deixamos alguns exemplos daquilo que será a presença culinária dos chefes de cozinha convidados:

Marlene Vieira (restaurante com nome homónimo) presenteia-nos com uma Sapateira e guacamole, um Camarão crocante com aioli de caril, um Arroz de polvo, gambas e espargos verdes. Para sobremesa, umas pataniscas doces.

Laura Rocha, do Monte Mar, esmera-se numa Sapateira com torradas, numas Amêijoas do Algarve à Bulhão Pato, num Filete de polvo com maionese de alho e coentros, num Arroz de polvo com gambas de amêijoas. Nos doces, uns ´Queijinhos` de ovos.

Por seu turno, Miguel Laffan, do Porto de Santa Maria, leva para o Peixe em Lisboa, um Cocktail de camarão 2019, uma “Açorda de berbigão, e o Norte que fuja do coentro”, “A Massada do Laffan” e um “Bacalhau à Sr. Alves, da Ribeira claro”. Para adoçar, um Chocolate e flor de laranjeira.

Na Taberna Macau, de André Magalhães, destaque para as Bolinhas de choco, Amêijoas da Taipa, Caril de peixe do Mercado Vermelho, Vieirinhas à Cantonesa e um Arroz doce com algas.

Com Gonçalo Costa, do Tágide, a oportunidade vai ser para provar Foie gras, ostras e codium, Milhos de amêijoa fritos com geleia à Bulhão Pato, Garoupa, topinambur e chanterelles e um Bacalhau azedo à moda da tia. Como sobremesa, um Crème brulée de d´Espelette, azeite e tangerina.

No espaço de restauração de Sergi Arola, as sugestões recaem numa Tempura de espargos e maionese de butarga com citrinos, num Ceviche de atum fumado, numa Pescada de anzol, salada morna de espinafre e caril de amêndoa. Para adoçar, uma Sardinha “viajante” de laranja sanguínea e pistácio.

Continuando, a lista é longa, a Casa do Bacalhau, do chefe de cozinha João Bandeira, aposta neste Peixe em Lisboa, nas pataniscas e pastéis com o “fiel amigo”, no Bacalhau confitado com broa, no Bacalhau de 12 meses com puré de citrinos, na Feijoada de sames de bacalhau. Nos doces, o Pudim do Abade.

O Ibo Restaurante, mais concretamente o chefe de cozinha João Pedrosa, apresenta-nos uns Croquetes de sapateira e molho de citrinos, um Taco de abacate, lima e camarão, umas Vieiras de beurreblanc de lima com tártaro de maçã verde, um Caril do mar com arroz basmati e achar de manga verde. No que respeita à sobremesa, um “Gelado de Embondeiro”.

O chefe de cozinha Paulo Morais, no seu Kanazawa, inclui na sua vasta ementa, um Ramen de espadarte rosa, caldo de tonkutsu e legumes, uma Sopa ácida-picante de peixe, espuma de coco e crocante de pele de peixe. Um Tofu dengaku com camarão da costa, lapas e amêijoas, um Bao de polvo assado, kimchie e chutney de cebola roxa. Para adoçar, uma Bebinka de especiarias, sorvete de lima kaffir, crocante de coco e macadâmia.

Finalmente, o chefe Pascal Maynard, do Ritz Four Seasons, apresenta uma mesa composta, entre outros, por Bacalhau confit em azeite fumado, espuma de agrião, um Salmão curado em sal de alface-do-mar e citrino, um Polvo marinado com shiso verde, puré de batata-doce e pepino marinado. Para a sobremesa, um Cremosos de chocolate e amendoim.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.