Este ano, a Monocle decidiu celebrar aquilo que considera uma “espécie em perigo: os restaurantes humildes de bairro, com pessoal sorridente e serviço decente”.

A cozinha do Chef Ljubomir Stanisic, “com influências portuguesas, jugoslavas, italianas e francesas”, o seu menu “inventivo” e “ambiente informal e excêntrico” valeram ao 100 Maneiras o primeiro lugar de uma lista de 10 restaurantes em todo o mundo – o segundo é o Cignale Enoteca, em Tóqui, e o terceiro é o Okonomi, em Nova Iorque. A lista completa dos 50 melhores restaurantes será divulgada a 27 de julho.

A história do 100 Maneiras começa em Cascais mas muda em 2009 para o Bairro Alto. Em 2010, abria o Bistro 100 Maneiras, num edifício Art Deco, aberto até às 2 da manhã, horário que parece agradar à equipa da Monocle.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.