Considerados os "enfants terribles" da moda holandesa, a dupla de estilistas especializou-se, desde o início da sua carreira, em seguir escrupulosamente as regras da difícil arte da costura para rir melhor dos boatos e da parafernália que às vezes rodeia o mundo da moda.

"Pensamos que era uma grande ocasião, mas que a celebraríamos com as peças mais pequenas que pudessemos imaginar, porque nos queriamos manter leves de espírito", explicou à imprensa Viktor Horsting, após o desfile.

"Sendo assim, pensamos em roupas de banho, bodies, mas de alta-costura", acrescentou, com um sorriso.

"Projetamos todos os códigos que desenvolvemos nos últimos trinta anos nestas peças pequenas: laços, flores, sobreposições...", listou.

A moda apresentada esta semana em Paris é supostamente de outono-inverno, mas para Viktor&Rolf não há outras fronteiras além daquelas que se decide romper.

A mulher que veste a roupa minúscula desta coleção pode-se proteger com manequins falsos de smoking, que a envolvem e a acompanham enquanto caminha.

As modelos que não desfilaram com estes guarda-costas peculiares exibiam laços enormes, como se fossem presentes, ou palavras: um "NO" (não) enorme e tridimensional, costurado sobre o peito, ou "Dream" (sonho).

A dupla Viktor&Rolf gosta de vestir as suas mulheres com ombreiras exageradas ou sobrepor a mesma peça em tamanhos cada vez maiores.

A paleta trouxe cores berrantes, como o rosa-choque e o laranja fluorescente.

Além do preto absoluto no 'grand finale': uma mulher a vestir um smoking, assim como os dois estilistas, que entraram na passerelle para cumprimentar o público, que retribuiu com uma salva de palmas.

"Já fizemos isto no passado: fazer parte, literalmente, do espetáculo", explicou Viktor.

A exuberância de Zuhair Murad

O estilista libanês Zuhair Murad trouxe muito mais sobriedade, reunindo o artesanato mais requintado à sumptuosidade da alta-costura intemporal.

A mulher da sua coleção não sai de casa para ir a uma festa sem uma maquilhagem impecável: lábios de cor cor de vinho cintilante são o acabamento perfeito para a combinação espetacular de cauda de gaze e body de transparências, bordados e lantejoulas.

Em outro momento do desfile, saias amplas, de musselina ou camadas de seda, acompanhavam um bouquet ajustado a partir da cintura de rosas bordadas e véu esvoaçante cobrindo a cabeça.

Bodies pretos, bordados com lantejoulas, lembrando teias de aranha. Uma capa azul-escuro envolvia o corpo desta mulher antes de se retirar para os seus aposentos.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.