As mulheres portuguesas gastam em média 4,7 horas por semana em cuidados pessoais (banho, depilação, vestir, cabelo, make-up), enquanto os homens portugueses gastam 4,1 horas.

"Para me sentir melhor comigo próprio" (60%), "para causar uma boa impressão nos outros" (44%) e "para dar um bom exemplo aos meus filhos" (40%) são os três motivos mais indicados para tentar ter uma boa aparência pelas 28 mil pessoas inquiridas, nos 23 países analisados no estudo sobre "Cuidados Pessoais" da GfK.

Tanto os homens, como as mulheres destacam estes três motivos como os principais para quererem ter uma boa aparência, embora com incidências diferentes.

Em Portugal, o top 5 dos motivos para tentar ter uma boa aparência segue a tendência dos restantes países analisados, sendo que "para me sentir melhor comigo próprio" representa um valor muito superior à média nos restantes países (81%).

"Para causar uma boa primeira impressão nos outros" é o segundo motivo apontado pelos portugueses e é também o segundo motivo a nível global (26%).

"Para expressar a minha individualidade" é motivo indicado por 20% dos portugueses, essencialmente pelos jovens dos 18 aos 24 anos (32%), e com status social mais elevados: A/B (33%).

Quando se analisa o ranking das nacionalidades que mais tempo gastam em cuidados pessoais (banho, fazer a barba, vestir, cabelo, make-up), os italianos surgem em primeiro lugar da lista. Gastam, em média, mais de cinco horas e meia por semana, e são seguidos pelos argentinos e americanos, que se apresentam com um tempo médio de pouco mais de cinco horas por semana.

Em último lugar estão os chineses que gastam, em média, menos de três horas por semana.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.