Um estudo desenvolvido pela Jewelers Mutual Group revela que mais de 70% dos consumidores entrevistados disseram que o seu anel de noivado era uma das coisas mais caras que possuíam.

Quase metade disseram também que teriam dificuldade em pagar por uma troca se o anel fosse roubado ou danificado, ou se o perdessem.

"O anel de noivado é igual a uma casa ou veículo em termos de grandes investimentos", afirmou Bryan Howard, diretor de gestão de produtos da Jewelers Mutual. "Ao contrário de uma casa ou veículo, os anéis de noivado (e outras joias) são um dos menores itens com maior probabilidade de se perder".

Dos entrevistados, 72% disseram que ficariam muito chateados se algo acontecesse ao anel e ele não fosse segurado, e admitiram que ficariam mais tranquilos sabendo que o seu anel estava protegido.

De acordo com a Jewelers Mutual, desaparecimento misterioso (ou perda inexplicável) é o motivo mais comum para os clientes fazerem uma reclamação.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.