Tal como Samantha Fox, a cantora que fez furor na década de 1980, Katie Price, na altura Katie Jordan, ficou conhecida como uma das mais famosas modelos em topless da página 3 do tabloide britânico The Sun. O casamento com o cantor Peter Andre elevou-a à condição de protagonista de um polémico reality show. Em «Katie & Peter», o casal explorou uma sensualidade que, muitas vezes, roçou a sexualidade, elevando Katie Price à categoria de uma das mulheres mais desejadas e invejadas do reino.

Foi nessa altura que Georgina Clarke de 38 anos e a sua filha de 20, Kayla Morris, a começaram a idolatrar. Nos últimos dias, as duas desconhecidas fizeram manchetes no Reino Unido, depois de se tornar público que gastaram 56.000 libras, cerca de 76.000 €, em cirurgias estéticas para ficarem parecidas com Katie Price, que nos últimos anos enveredou pela apresentação de programas televisivos. Num vídeo publicado na internet, revelam que retocaram o rosto e aumentaram o peito.

Para causar ainda mais controvérsia revelaram que uma parte do dinheiro foi conseguido com os espetáculos de striptease da filha, que dança em clubes de strip desde os 17 anos. O restante montante foi financiado por um homem casado que não resistiu aos encantos de Kayla Morris e que só fechou a torneira depois da mulher descobrir o romance extraconjugal. «Fiquei super feliz quando descobri que ela queria aumentar o peito e recorrer à cirurgia estética», afirmou já publicamente a mãe da jovem.

Novas cirurgias plásticas em perspetiva

Georgina Clarke não condena os esquemas usados para alcançar o que passou a ser um objetivo comum. «Não me importo nada que ela faça striptease ou que tenha um homem mais velho a bancá-la. Nós estamos a viver um sonho», assegura a britânica, que foi mãe quando tinha apenas 18 anos. «Sou uma sortuda por ter uma filha que me mima e que não se importa de me pagar operações plásticas», refere a mulher.

Além de um enxerto de gordura nos glúteos, num futuro próximo, mãe e filha pretendem ainda realizar uma rinoplastia, um novo aumento labial e uma nova mamoplastia de aumento. «Estamos um bocadinho mais parecidas com a Katie Price mas ainda não estamos semelhantes o suficiente», disse recentemente ao The Sun Kayla Morris, reagindo às críticas das mulheres de Rugby, Warwickshire, onde residem.

«Dizem que toda a gente se ri de mim porque me visto como uma vadia e porque tenho lábios de pato mas eu adoro o meu aspeto atual», assume. «Sempre quis que a minha filha fosse este tipo de pessoa [viciada em cirurgias estéticas]», desabafou, em entrevista a um tablóide inglês Georgina Clarke.

Mãe e filha gastam 76.000 € para ficarem iguais a apresentadora inglesa

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.