No início da década de 1990, quando surgiu no pequeno ecrã no papel de Donna Hayward na emblemática série de televisão «Twin Peaks», a sua beleza não deixava ninguém indiferente mas hoje, aos 45 anos, depois de uma série de cirurgias estéticas que não correram bem, Lara Flynn Boyle é uma pálida sombra do que foi. Descuidada, mal vestida, com o cabelo gorduroso e com as raízes descoloradas à vista, como foi vista em público nos últimos dias, a atriz está longe de se apresentar como a mulher sedutora e glamorosa que chegou a deslumbrar em estreias como a do filme «Men in Black II», em 2002 (na imagem).

No início da década de 2010, a intérprete de Donna Gardner no filme de terror «Poltergeist III», que marcou a sua estreia no cinema em 1988, tornou-se dependente da cirurgia estética. Os pequenos retoques iniciais rapidamente se converteram em operações mais invasivas que alteraram radicalmente as feições da atriz. «Parece que o seu rosto está a derreter», comentou publicamente o cirurgião plástico Anthony Youn.

«Parece ter havido um inchaço que se traduz hoje num excesso de pele no rosto», considera o especialista, que justifica a aparência com uma série de procedimentos cirúrgicos falhados. O ano passado, Lara Flynn Boyle surgiu no grande ecrã no filme «Lucky Dog». Ex-namorada dos atores Kyle MacLachlan e Jack Nicholson, está casada com o investidor imobiliário Donald Ray Thomas II desde 2006.

Texto: Luis Batista Gonçalves com Frederick M. Brown/Getty Images e Flynet (fotografia)

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.