São três, estão disponíveis em três tamanhos, S (criança), M (mulher) e L (homem) e custam 9,90 €, valor ao qual acrescem os portes de envio. Estão à venda online na página de Instagram que a 5D, uma empresa nortenha que habitualmente desenvolve e produz gangas, criou para promover as máscaras sociais reutilizáveis certificadas que passou também a fabricar para fazer face à pandemia viral de COVID-19 que obrigou empresários de todo o mundo a (re)adaptar o negócio.

Máscaras de proteção são novo acessório de moda. E são muitas as marcas portuguesas a apostar nelas
Máscaras de proteção são novo acessório de moda. E são muitas as marcas portuguesas a apostar nelas
Ver artigo

Depois de ter apresentado publicamente os primeiros protótipos das máscaras 5 Line no passado dia 5, a 5D desafiou o estilista vizelense Luis Carvalho a criar uma coleção cápsula de máscaras de proteção individuais, que foi lançada oficialmente na passada segunda-feira. Além de uma preta e de uma verde militar, há uma mais colorida, que tem um padrão com cerejas. Os três dispositivos reutilizáveis de uso geral, com duas camadas de tecido e um filtro interior em TNT, foram aprovados pelo Centro Tecnológico das Indústrias do Têxtil e do Vestuário (CITEVE), sediado em Vila Nova de Famalicão, tal como também sucede com a 5D.

Nascido em Vizela em 1987, o estilista português, que se licenciou em design de moda e têxtil no Instituto Politécnico de Castelo Branco e criou uma marca com o seu nome em 2003, recupera, assim, o famoso e colorido padrão frugal que apresentou em coleções anteriores e que até chegou a usar em eventos públicos como a edição de 2019 do festival musical NOS Primavera Sound, como pode recordar de seguida. Além destas, a 5D está a comercializar máscaras de proteção com outros padrões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.