Cristina Ferreira e Sílvia Alberto não vivem sem ela. Maquilhadora há mais de 20 anos, Inês Franco conhece os rostos das apresentadoras de televisão como ninguém e, agora, em "O pequeno grande livro da maquilhagem", que é apresentado oficialmente amanhã, sábado, no auditório da Biblioteca Almeida Garrett no Palácio de Cristal, às 14h30, numa master class para 200 pessoas no Porto, revela muitos dos truques que (também) utiliza para as maquilhar.

"O pequeno grande livro da maquilhagem" já é o seu terceiro livro de maquilhagem. O que é que este tem de diferente dos outros?

Em primeiro lugar, é incrível serem já três livros de maquilhagem! Ainda me lembro do primeiro que entreguei à editora, cheia de nervos cheia de ataques de ansiedade... Às vezes, passava na Fnac e dizia ao meu marido, no gozo, que um dia ainda iria ver o meu livro exposto no primeiro lugar no top deles e ria-me, claro. Estava a gozar! A verdade é que ele esteve em primeiro lugar durante semanas! Agora, este terceiro foi uma proposta da editora Contraponto.

Eu trabalhava com a [editora] A Esfera dos Livros e a Esfera dos Livros permitiu-me trabalhar com a Contraponto, que são os editores dos livros da Cristina [Ferreira]. Só que este tinha que ser diferente dos outros dois... Tinha que ser um pocket book [livro de bolso] e sem fotografias. Quando me pediram para enviar os temas, estive ali semanas a pensar na forma de o fazer diferente. Comecei por pensar que tinha que ser um livro muito fácil e muito prático.

Tinha que ser muito direcionado para pessoas que, se calhar, não entendem muito de maquilhagem. Eu sou uma mulher muito prática, não gosto nada de florear. Gosto de ser muito rápida a explicar e [gosto] que se perceba rapidamente tudo de uma forma muito fácil. Então, decidi construir algo que tivesse um primeiro texto de explicação sobre aquilo de que iria falar, depois o passo a passo a explicar como se faz e, por fim, uma ilustração.

Perguntei se podia ter uma ilustradora, porque não queria ter fotografias, e, então, fiz um livro que reúne os segredos que as mulheres precisam de saber. Contém todas as dicas que me lembro de existirem. Como dou workshops todos os fins de semana, fui apontando as maiores dúvidas que as pessoas me colocavam e, a partir dessas dúvidas, fui construindo as respostas. Foi um livro que escrevi muito rapidamente, às vezes nos intervalos...

São 74 respostas a outras tantas perguntas...

Podiam ser mais, tivesse eu sido mais organizada e tivesse mais tempo para isto...

De um modo geral, até pela perceção que vai tendo dos seus workshops, quais são as maiores dificuldades que as mulheres têm quando se tentam maquilhar sozinhas?

A maior de todas é o eyeliner. Toda a gente quer fazer um eyeliner e toda a gente sai do meu workshop a saber fazê-lo. Em três horas. Porque eu ensino coisas que elas não sabem sequer que poderiam existir. Uma das dicas que dou é fazerem o eyeliner com os olhos abertos. Os dois! Não é fechar um e abrir o outro.

Outra dica é manterem a boca aberta, o que impede o olho de pestanejar. As pessoas se experimentarem a olhar para o espelho em casa, enquanto põem rímel, hão de reparar que abrem a boca. E ficamos com uma cara horrível a pôr rímel! O ter a boca aberta faz com o que o olho não pestaneje e essa é uma das dicas que dou para fazerem o eyeliner.

O seu novo livro é lançado amanhã no Porto numa masterclass para 200 pessoas que, para poderem assistir, vão ter de adquirir um exemplar do livro, à venda no local...

O livro já está nas livrarias desde dia 15. Entretanto, fui a "O programa da Cristina" falar sobre ele, mas o lançamento [oficial] é no dia 23 de novembro. Vai ser no Porto, no auditório da Biblioteca Almeida Garrett, no Palácio de Cristal, das 14h30 às 17h00. Vai ser uma master class onde vou dar dicas que estão no livro, vão estar lá algumas influencers... A Débora Sá do Porto Canal vai apresentar o evento. Vai ser muito giro e vão aprender muitas coisas.

Este mês, para além do livro, tem outra novidade…

Sim, os meus novos pincéis de maquilhagem. As pessoas exigem-mos há um ano, quando deixei de ter os oito [pincéis] essenciais, que foram o meu primeiro lançamento. Quem não conseguiu comprar na altura está sempre a questionar-me quando é que vêm mais. Demorei um ano a construir estes, são um bocadinho diferentes...

Para facilitar a compra às pessoas, porque há muita gente que não pode dar 79 €, fiz vários kits de dois. Vêm dentro de um tubo em lata e agrupei-os. Há um kit com um pincel para a base e um pincel corretor, um kit com dois pincéis de esfumar, um kit com dois pincéis de eyeliner e depois têm, em separado, o de base, o de pó e o de blush. Assim, as pessoas podem comprar à medida das suas necessidades e à medida que vão podendo...

Onde e quando é que esses novos pincéis vão estar à venda?

Já estão à venda online no meu site desde meados de novembro... É curioso o livro ter sido lançado no dia 15 e eu ter feito anos no dia 16. Foi um presente para mim, tal como os pincéis!

Tem também o sonho de uma linha de maquilhagem com o seu nome e até já recebeu algumas propostas de marcas internacionais nesse sentido…

Sim, uma linha de maquilhagem com o meu nome é o meu sonho desde sempre. Ainda não foi aos 40. Pode ser que seja aos 50… [risos]

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.