A chegada de um bebé é uma das maiores aventuras que uma família pode viver. Quer seja o sonho de uma vida ou uma gravidez não planeada, as dúvidas vão surgindo, tal como a barriga, de mês para mês.

Um dos temas que mais expectativa e ansiedade gera nos futuros pais é como serão as noites com o seu bebé. Será que vai ter boas noites e adormecer bem? Será que a rotina familiar vai passar por uma grande privação de sono? E se o bebé não dormir, o que fazer?

Uma noite bem dormida é tão importante para um adulto como para um bebé. Um recém-nascido dorme uma média de 20 horas por dia no primeiro mês, mas como em tudo, cada caso é um caso e cada bebé tem as suas necessidades específicas. No entanto, é importante os pais entenderem a importância de um sono de qualidade para o desenvolvimento do seu filho.

É ao dormir que o recém-nascido descansa de todos os estímulos que recebeu enquanto acordado, que os processa e absorve e que se desenvolve cognitivamente. Sabendo isto, cabe-nos a nós, pais e adultos, proporcionarmos um ambiente e rotina que permita ao nosso bebé fazer uma boa sesta ou dormir uma noite de qualidade.

Então o que podemos fazer para facilitar esta adaptação do bebé ao novo mundo e à nova rotina? Veja algumas das dicas de Tânia Borges, formada em puericultura e ação educativa e criadora do Pé Descalço.

1. Dê 10 minutos ao bebé

Nos primeiros tempos é normal o bebé necessitar de colo e adormecer mais facilmente dessa forma. O colo proporciona contacto, calor, segurança, o que vai ajudá-lo a acalmar e adormecer. No entanto, quando começar a ver que este está a adormecer, dê-lhe mais uns 10 minutos no seu colo antes de o colocar na alcofa ou berço. Porquê? Porque, em média, esse é o tempo que um bebé necessita para entrar no estado de sono profundo. Assim garante que quando o for colocar no berço, ele não acordará.

 2. Estimule corretamente o bebé

Um recém-nascido é tão pequenino e “faz tão pouca coisa” que caímos, muitas vezes, no erro de achar que não há muito que possamos fazer para interagir com ele, excepto colocá-lo numa espreguiçadeira com músicas e brinquedos coloridos. A verdade é que um bebé é uma esponja que absorve tudo o que o rodeia desde o momento em que nasce e, como tal, os estímulos que lhe forem apresentados ao longo do dia podem sobrecarregá-lo ou não de informação.

Se estimular o seu bebé com demasiadas luzes, cores vibrantes, barulho e pessoas, é provável que ele entre num estado de cansaço e irritação que dificultará todo o processo de sono. Ao invés, se o for estimulando de forma positiva e correcta, divertida mas controlada, ele irá ficar cansado mas calmo, conseguindo talvez até adormecer por si próprio, sem ajuda. Como é que pode fazer isso? Tente que o ambiente ao seu redor esteja controlado tanto a nível de ruído como de pessoas. Use brinquedos com diferentes texturas em vez de brinquedos com muitas músicas e luzes e tente limitar o número de objectos que lhe oferece ao mesmo tempo. Mais vale um que o estimule e desperte a sua curiosidade do que muitos onde só vai perder o foco.

Pode ainda brincar e conversar com o bebé em substituição dos desenhos animados. Se este for estimulado de forma positiva, vai querer explorar a actividade ou objeto, concentrar-se neles, absorvendo aprendizagem e cansando-se de forma natural. Se por ventura a atividade ou objecto lhe oferecer demasiados estímulos ao mesmo tempo, ele irá apreender pouco e irá ficar cansado e frustrado devido à demasiada informação que lhe chega de uma só vez.

 3. Crie uma rotina

Dentro da barriga da mãe não existia dia e noite, não existiam horários, o mundo era dele. Cá fora não é bem assim, verdade? Estabeleça rotinas consistentes para o seu bebé desde o momento em que nasce. Só assim ele vai começar a distinguir o dia da noite, quando é hora de dormir ou de brincar, etc. Não há mal nenhum em, durante o dia, o bebé estar em ambientes luminosos e com barulho pouco excessivos, isto vai ajudá-lo a diferenciar o dia da noite.

 4. Aconchege o bebé

Durante nove meses o seu bebé esteve num espaço quente, apertado, aconchegado e seguro. Ele está habituado a sentir-se bem dessa forma, tanto que se reparar, os recém-nascidos estão sempre muito encolhidos sobre si próprios. O espaço à volta ainda lhes faz confusão, é assustador. Quando colocar o bebé no berço para dormir, garanta que ele não fica “perdido” naquela imensidão de espaço. Crie barreiras aconchegantes com rolos, por exemplo, ou aconchegando-o num saco de bebé, para que não se sinta assustado, desprotegido e desperte a chorar por necessidade de contacto humano e segurança.

 5. Conheça o seu bebé

Cada bebé tem a sua personalidade e necessidades específicas. É importante que o vá conhecendo desde o primeiro momento para que entenda os sinais que ele lhe vai dar. Lembre-se que o facto de o bebé chorar no berço e ao colo não, nem sempre significa que seja sono ou mau hábito criado. O choro é o único meio de comunicação que ele conhece no início e, por vezes, pode significar desconforto, cólicas, frio, calor, necessidade de contacto, ansiedade, insegurança, frustração e entre tantas coisas.

Observe os sinais que ele lhe dá e mantenha a calma até conseguir identificar o que possa ser. Manter a calma no meio do caos deve ser dos maiores desafios que uma mãe ou pai passa com um filho, mas é extremamente importante lembrarmo-nos de respirar fundo ou pedir ajuda.

Se for uma fonte de stress, o seu bebé vai sentir isso e não vai relaxar, descontrair ou sentir-se seguro, piorando toda a situação. Respire fundo, conte até 10, vá percorrendo uma lista mental de coisas que se possam estar a passar com ele, experimentando e identificando os sinais até descobrir qual é. Não há nada de errado em não saber identificar logo à primeira. Não faz de si pior mãe ou pai. Faz de si humano e, seja uma pessoa adulta ou um bebé, todos temos direito a ter um dia mau sem motivo aparente, incluindo o seu bebé. Não se esqueça que esta é uma novidade tão grande para si como para ele.


Saiba mais sobre Mulheres à Obra aqui.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.