O estudo analisou 1.500 famílias britânicas e um dos primeiros dados a ter em conta é que as crianças estão a usar a internet cada vez mais cedo e que 48% com 6 anos de idade já fazem uso diário das tecnologias.

De uma forma geral, 48% das crianças acedem a um browser, 32% enviam mensagens e 26% usam as redes sociais.

Por outro lado, o estudo também concluiu que crianças de 6 anos aumentaram as suas atividades online comparativamente a 2013. Assim, 44% usam a internet dentro dos seus quartos (em 2013 a percentagem era de 27%), 26% usam a internet para aceder às redes sociais e 74% usam-na enquanto fazem os trabalhos de casa.

Em relação ao tipo de conteúdos que estas crianças andam a consumir, 58% vê vídeos, 47% faz download de aplicações e 47% vê televisão online.

O mais preocupante neste estudo é que a supervisão parental desceu em relação a 2013, de 53% para 43%. E aqui surge o alerta da organização Internet Matters: "Este estudo demonstra a rapidez com que o mundo da tecnologia muda e o quanto é importante que os pais criem mecanismos de segurança e entendam os riscos envolvidos quando as crianças estão online".

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.