A C&G Baby Club, uma plataforma de cuidados para bebés criada pela marca de comida Cow & Gate, juntou-se ao músico já premiado com um Grammy, Imogen Heap e a psicólogos da Goldsmiths, da Universidade de Londres, para produzirem a primeira música que faz realmente o bebé feliz, com base em investigação científica.

"O que é incrível acerca desta música é que é tão óbvio mas nunca ninguém pensou nisso", disse o psicólogo Casper Addyman, acerca da The Happy Song.

Para criar esta música, a equipa entrevistou mais de 1000 pais no Reino Unido para saberem que tipo de sons faziam os bebés rirem e descobriram que espirrar, fazer barulho com as bochechas e tossir estavam no topo da lista.

Com base nestes sons que faziam os bebés felizes, Heap produziu quatro faixas diferentes, que foram testadas ao longo de três meses no laboratório infantil da Goldsmith, para observarem as reações dos bebés. Movimentos,  expressões faciais e ritmo cardíaco foram monitorizados à medida que os bebés ouviam as canções.

Investigadores descobriram que o cérebro do bebé responde a padrões e repetições. Enquanto que ouvir uma música repetidamente é um martírio para os pais, para os bebés é uma diversão porque estes têm uma memória mais curta e não se aborrecem por ouvirem a mesma coisa várias vezes. Os bebés também necessitam de um elemento supresa, como uma pausa silenciosa, uma mudança de ritmo ou um efeito vocal inesperado, para os manter focados.

A equipa também identificou alguns sons que chamam a atenção do bebé de forma positiva: bater as palmas, sons de animais e risos.

O resultado final foi uma música com dois minutos, com ritmo e melodia equilibradas, letra engraçada e sons que dão vontade de dançar.

Pode ouvir a música aqui.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.