"E o chão do prédio foi a minha cama de ontem à noite", foi desta forma que Pedro Granger se dirigiu aos fãs esta terça-feira, 31 de março, quando decidiu partilhar com os fãs a sua história de uma noite muito agitada.

"A meio da noite partiu-se-me uma mesa de vidro na sala enquanto dormia. Acordei com o estrondo e tratei de tirar os vidros maiores e dobrar o tapete para não me magoar. Quando saio para ir pôr os vidros na rua, bem como um papel no elevador a pedir desculpa aos vizinhos pelo barulho (e um aspirador emprestado que o meu pifou) vejo que em vez das chaves de casa tinha tirado as do carro", contou, explicando que estava sem o telemóvel e acabou por "dormir à por de casa até às sete e meia da manhã do dia seguinte".

Entretanto, o ator acabou por conseguir entrar em contacto com a irmã através de um tio que mora perto de sua casa. Um episódio que deixou agora Pedro Granger com medo de ter sido infetado com COVID-19 por ter dormido no chão do prédio, como confessou na mesma publicação, na sua página de Instagram.

"Isto para dizer: não me irritem hoje que durante duas semanas vou andar sem saber se tenho coronavírus por ter dormido no chão. Vidas de hipocondríaco. Tirando isto.... a vida é linda e os vizinhos Nuno e Luís", acrescentou.

Uma partilha que não passou despercebida aos olhos de muitos seguidores, incluindo alguns colegas e amigos de Pedro Granger. Veja tudo na publicação abaixo:

Leia Também: Ângelo Rodrigues ironiza ao dizer que atores vão tornar-se "sem-abrigo"

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.