Katia Aveiro aceitou falar com a equipa da CNN à porta do estádio onde momentos antes havia decorrido o embate entre Coreia do Sul e Portugal. A irmã de Cristiano Ronaldo acabou por desabafar sobre o que sente em relação à fase final da carreira do craque.

"[...] É o que todos os portugueses deviam fazer, deviam desfrutar desta fase final da carreira do Cristiano. Vou falar como portuguesa e não como irmã: acho que todos devemos ser gratos por tudo aquilo que ele fez, por tudo aquilo que ele trabalhou, por tudo aquilo que ele ganhou nos últimos anos. Não há nenhum português que tenha conquistado aquilo que ele conquistou", começou por notar.

Katia lembrou ainda o momento em que se despediu do irmão, há vários anos, quando Ronaldo viajou para Lisboa para jogar pelo Sporting: "Fico emocionada porque é uma coisa que me toca muito. Ele vai fazer 38 anos, possivelmente será o último Mundial dele e eu, como adepta de futebol e como irmã, sinto já uma saudade. Vai ser muito difícil assistir aos jogos da equipa quando ele sair".

Sobre a polémica reação do irmão quando foi substituído, Katia é perentória: "Um jogador que gosta de futebol nunca gosta de ser substituído [...] O meu irmão não é exceção".

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.