Em casa de Rui Maria Pêgo é um dia especial esta quinta-feira, 21 de janeiro, apesar de não ser celebrado como gostaria.

O apresentador e locutor completa mais um ano de vida, data que destacou nas redes sociais, onde lamentou também o facto de ser obrigado a estar longo dos que lhe são mais próximos e amados por causa da pandemia.

"Dia 21, do ano 21, do século 21. Surreal celebrar 32 anos sem poder abraçar as pessoas de quem gosto. Neste cenário escabroso com a escalada de movimentos carburados a ódio e doença no ar, é difícil de se manter o coração longe da intenção da guerra. Queremos morder, precisamos de culpar alguém pelas dores que estamos a viver. Estamos no meio de um nevoeiro gordo, teimoso. Tento viver com alguma poesia, e humor, mas começo a não saber como manifestar graça. Ainda assim, acredito que nada é permanente. Nenhuma derrota é eterna. Vamos dar a volta", começou por escrever.

Ainda assim, são muitas as mensagens de carinho que tem recebido ao longo do dia, apoio que não deixou passar em branco. "Agradeço a todos pelos parabéns, e deixo os meus a todos aqueles que estão com medo agora. Acordar e continuar a viver apesar do pânico é sempre uma vitória", rematou.

Leia Também: A mensagem especial de Júlia Pinheiro dedicada ao filho Rui Maria Pêgo

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.