Sem rendimentos visíveis e sem trabalho, a atriz Sónia Brazão foi declarada “insolvente” pelo tribunal e não vai poder pagar, pelo menos até ver, os prejuízos causados a terceiros pela explosão do seu apartamento de Algés, em 3 de junho de 1011 – uma conta que totaliza cerca de 130 mil euros.

Nos termos da sentença que a condenou a três anos de cadeia, com pena suspensa, Sónia ficou igualmente obrigada a indemnizar seguradoras e vizinhos prejudicados, além da conta do hospital.

A atriz alegou, depois, que não podia saldar tais dívidas, apresentou provas de falta de rendimentos e conseguiu obter o estatuto de “insolvente”.

A vida económico-financeira de Sónia passou a vigiada por um administrador judicial, que irá controlar os seus ganhos durante os próximos cinco anos.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.