Serena Williams teve a pior derrota da carreira ao perder por 6-1 6-0 contra Johanna Konta e sabe-se agora que minutos antes da partida a tenista recebeu uma notícia menos boa.

Serena descobriu que o homem responsável pela morte da meia-irmã, Yetunde Price, tinha saído da prisão em liberdade condicional. Yetunde foi assassinada aos 31 anos, em Los Angeles, em 2003, e deixou três filhos que tinham na altura 11, nove e cinco anos.

“Não conseguia tirar isso da minha cabeça”, confessou em conversa com a revista Time. “Foi difícil porque só penso nos filhos dela e no quanto significam para mim. E quanto os amos”, acrescentou, admitindo que ainda não conseguiu perdoar o homem que matou a irmã. “Quero perdoar. Preciso de chegar lá e chegarei”, afirmou.

De acordo com o Daily Mail, Robert Maxfield foi libertado no dia 8 de março, depois de cumprir 12 anos de prisão.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.